Messi é expulso, Argentina vence o Chile e fica com o 3º lugar na Copa América

O craque argentino se envolveu em confusão em Medel

Foto: Marcos Ribolli

Em jogo marcado pela expulsão do meia Lionel Messi após se envolver em confusão com Medel que também foi mandado embora, a Argentina venceu o Chile por 2 a 1 na tarde deste sábado, na Arena Corinthians, e ficou com o terceiro lugar na Copa América. Dybala e Sérgio Aguero anotaram os gols da Argentina, enquanto Vidal fez o de honra para o Chile. A grande final do torneio organizado pela CONMEBOL será no domingo (07), às 17h, entre Brasil e Peru no Maracanã.

 

Esta é a quinta vez que a Copa América é realizada no Brasil e todas as vezes que sediou a competição, a Seleção Brasileira levantou a taça, nos anos de 1919, 1922, 1949 e 1989. Participaram desta edição: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, da América do Sul; e dois convidados da Ásia, Catar e Japão. Ao todo, são nove títulos mundiais, sendo cinco do Brasil, dois da Argentina e dois do Uruguai.

Na primeira fase, as 12 seleções foram divididas igualmente em três grupos por meio de sorteio. Os três campeões do mundo (Brasil, Argentina e Uruguai) foram cabeças de chave. No Grupo A, tivemos Brasil, Bolívia, Venezuela e Peru, enquanto no Grupo B figuraram Argentina, Colômbia, Paraguai e Catar, e no Grupo C Uruguai, Equador, Japão e Chile. Todos jogaram contra todos dentro do próprio grupo. Para as quartas de final, se classificaram as duas primeiras colocadas de cada grupo, num total de seis seleções, e também as duas melhores terceiro colocadas, totalizando oito equipes.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*