Lesão de Guerra é similar ao que aconteceu com Gregore, diz médico do Bahia

Meia venezuelano ficará imobilizado por uma ou duas semanas

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

Recém-chegado ao Esporte Clube Bahia emprestado pelo Palmeiras até o final, o meia Alejandro Guerra deu azar e na sua segunda partida pelo tricolor baiano (a segunda também no ano já que ele não atuou pelo clube paulista), sofreu uma lesão que vai tirá-lo dos próximos jogos do Esquadrão, inclusive o desta quarta-feira decisivo contra o Grêmio em que ele poderia ser uma peça importante até para entrar jogando, já que Eric Ramires não vem apresentando um bom rendimento. Porém, no mesmo lance em que cometeu pênalti no uruguaio Carlos Sánchez, o venezuelano acabou se machucando e deixando o campo minutos após ter entrado.

 

Coordenador médico do Esquadrão, Luiz Sapucaia concedeu entrevista nesta segunda-feira e disse que o jogador não precisará de cirurgia e que a lesão é similar a que aconteceu com o volante Gregore. Guerra será imobilizado por uma ou duas semanas, e o retorno dependerá da recuperação do jogador.

“Guerra sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho. Ele, infelizmente, sofreu um acidente de trabalho. É uma lesão similar ao que aconteceu com Gregore, meses atrás, em um ligamento importante e que incomoda bastante. Nós vamos imobilizar por duas semanas, e o retorno dele estará ligado ao processo de recuperação. Vamos realizar um tratamento em dois períodos, com objetivo de acelerar o processo de recuperação, e esperamos que este tempo inativo seja ainda mais precoce. A recuperação dele, por mais que seja parecida com aquela sofrida por Gregore, pode não ser igual. Cada atleta responde de uma forma”, disse.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Google

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*