Juazeirense vence o Brusque e fica a um empate do retorno à Série C

Cancão de Fogo volta a jogar no próximo domingo

Foto: Agência CH

No dia do aniversário de 141 anos da cidade de Juazeiro, a festa foi completa para os juazeirenses. Afinal, apesar da vantagem não ser grande, a Sociedade Desportiva Juazeirense deu passo importante para garantir o retorno à Série C, competição que disputou em 2018, mas acabou rebaixada. Na tarde desta segunda-feira, o Cancão de Fogo venceu o Brusque pelo placar de 1 a 0 no Adauto Moraes, que teve 2.500 ingressos distribuídos pela diretoria aos primeiros torcedores que chegaram no estádio, pelo jogo de ida das quartas de final do Brasileiro da Série D. O autor do gol, diga-se, um golaço, foi Cesinha aos 24 minutos do primeiro tempo acertando uma pancada que morreu no ângulo do goleiro Zé Carlos.

 

A partida de volta será no próximo domingo (21), às 16h, no Estádio Augusto Bauer, em Santa Catarina. A Juazeirense joga pelo empate para conquistar o acesso e a vaga nas semifinais, enquanto o time catarinense precisa vencer por dois gols de diferença para garantir o acesso no tempo normal ou devolver a derrota (por um gol de diferença) para levar a decisão à disputa por pênaltis.

O Cancão de Fogo, comandado por Maurílio Silva, jogou com Gleibson; Rodrigo Ramos (Willian Kaefer), Emílio, Emerson e Cesinha; Waguinho, Iran, Ewerton e Toni Galego; Jeam (Hugo) e Nino Guerreiro (Gustavo Balotelli).

Lembrando que a Juazeirense avançou às quartas de final empatando com o Iporá-GO em duas oportunidades. A igualdade nos 180 minutos levou a decisão para os pênaltis e deu o time baiano que venceu por 4 x 3. O mesmo aconteceu na fase anterior quando também através dos pênaltis, fora de casa, superou o Patrocinense. O Cancão de Fogo não venceu nenhuma partida fora de casa no tempo regulamentar, portanto, fazer o dever de casa contra o Brusque hoje à tarde foi fundamental para as pretensões de retorno do time baiano à terceira divisão.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*