Brasileiro de Aspirantes: Dado valoriza triunfo do Bahia e critica árbitro

"Não considero justo o cartão levado por ele”, disse

Foto: Felipe Oliveira

Após sofrer duas derrotas seguidas (Vitória e Ponte Preta), o Esporte Clube Bahia retomou o caminho dos triunfos ao vencer o Sport-PE pelo placar de 2 a 1, na tarde desta quinta-feira (20), no Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Todos os gols foram anotados no primeiro tempo. O time pernambucano saiu na frente, mas o Esquadrão buscou a virada, com gols de Caíque e Willean Lepo. Após a partida, o técnico Dado Cavalcanti valorizou o triunfo da equipe que jogou com 10 homens na parte final do jogo e criticou o árbitro pela expulsão do atacante Caíque.

 

“O campo, devido a forte chuva, não estava dentro das condições que nos permitia sair jogando, trocando passes. Então, diante desse cenário, nós precisávamos ser competitivos e vencer o jogo. Valeu bastante pelo resultado, pela entrega dos atletas, que atuaram 90 minutos com muita pegada”, comentou.

A expulsão do atacante Caíque, no início da etapa final, foi criticada pelo comandante do Bahia no Brasileirão de Aspirantes. Dado acredita que Emerson Ricardo exagerou na decisão.

“Caíque, naquele momento, estava saindo de campo e, quando desceu da maca, não teve qualquer benefício. Ele seguiu andando até sair de campo. Eu me excedi, mereci ter levado aquele cartão amarelo, mas Caíque não. Não considero justo o cartão levado por ele”, completou.

O próximo compromisso do Tricolor Baiano é no dia 27 de junho, uma quinta-feira, às 15h, diante do Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Já o Sport encara o Coritiba, no mesmo dia e horário, na Ilha do Retiro.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*