Técnico do Bahia fala sobre mudanças na equipe, Gilberto e Fernandão

“As diferenças de características são bem palpáveis", explicou

Foto: Felipe Oliveira

Alvo da entrevista desta sexta-feira (17) na sala de imprensa do Fazendão, o técnico Roger Machado comentou sobre as mudanças que deve fazer na equipe, alterando o esquema tático e escalando três volantes diante do São Paulo, domingo, às 11h, no Morumbi, pela 5ª rodada do Brasileirão. O treinador também falou sobre a preferência entre Fernandão e Gilberto. Ele explicou das funções de cada um em campo e comemorou ter os dois como opção para escalar a equipe.

“As diferenças de características de Fernandão e Gilberto são bem palpáveis. Fernandão é um jogador mais de área, que atua mais entre os zagueiros e tem capacidade de fazer pivô, o que dá tempo para o time sair de trás e preencher a área, quando pegamos time muito fechado e que se defende com muitos jogadores, temos a chance de criar jogadas pelos lados para acessar a área lateralmente, isso jogando dentro de casa muitas vezes. Fora de casa, como foi contra o Athletico, que eles iriam nos pressionar dentro de nosso campo, tem a alternativa de tentar construir apoiado lá de trás, mas sabendo que o adversário vai pressionar, você ter a capacidade de romper a linha pelo chão ou pelo alto, com pivô para reter a bola ou dar uma casquinha. A gente se vale dessa característica de jogo do Fernandão, pode ser em casa ou fora. Depende do que o adversário propõe. Gilberto é mais móvel. No jogo contra o Avaí, ele saiu jogando, era necessário, como o Avaí jogava com linha de cinco, ter pequenas diagonais nas costas dos zagueiros. Ele tem essa característica. Mobilidade para sair da área, não ser só o finalizador, mas auxiliar na construção da jogada. O gol do Artur ele municiou ao jogar pelo lado. Isso gera a diferença pela escolha de um ou outro como titular. Feliz o treinador que tem esses jogadores com essas características se esse faro de gol”, afirmou.

Ouça a entrevista completa:

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*