Destaque em 2016 e 2017, Rafael Granja reestreia pelo Flu de Feira na Série D

Meia já marcou 12 gols em 19 jogos pelo Touro na competição

O Fluminense de Feira estreia na Série D neste domingo (05), às 16h, contra o Salgueiro-PE, no Estádio Joia da Princesa, pela primeira rodada do Grupo A8 que tem também Sergipe e Coruripe. Uma das apostas do Touro do Sertão para brigar pelo acesso é o meia Rafael Granja, que disputou o Baianão pelo Atlético-BA e chega para sua terceira passagem pelo Touro do Sertão. A primeira aconteceu em 2016, quando marcou 7 gols em 10 jogos no Brasileiro da Série D. Após defender o Anápolis no Estadual de 2017, o jogador retornou para disputar novamente a Série D e outra vez teve grande atuação marcando 5 gols em 9 jogos.

Rafael Granja apareceu para o mundo do futebol no Vitória da Conquista, onde foi eleito em 2014 o melhor meia direito do Campeonato Baiano. Durante a carreira, também já vestiu as camisas do Vitória, América-RN, Flamengo de Guanambi, CSA, CRB, Coruripe e Anápolis. Ele disputou apenas 4 jogos no Baianão pelo Atlético-BA, já que no dia 6 de fevereiro, fraturou a clavícula na partida contra o Bahia, pela quarta rodada da competição.

 

REGULAMENTO:

A Série D 2019 contará com 68 clubes distribuídos em 17 grupos com quatro times cada. Os clubes se enfrentarão em jogos de ida e volta dentro dos próprios grupos. Os líderes dos 17 grupos, além dos 15 melhores 2ºs colocados avançarão de fase.

Os confrontos da Segunda Fase terão os 32 clubes classificados separados em dois blocos. O melhor colocado do Bloco I pegará o pior colocado do Bloco II e assim sucessivamente. Serão jogos de ida e volta.

Bloco I: os 16 clubes de melhor campanha, dentre os 17 primeiros colocados de cada grupo, na Primeira Fase; estes 16 clubes serão ordenados pelos seus grupos na Primeira Fase, em ordem crescente, recebendo a numeração de 01 a 16;

Bloco II: o clube de pior campanha entre os 17 primeiros classificados, mais os 15 melhores segundos colocados dos 17 grupos, na Primeira Fase; estes 16 clubes serão ordenados pelos seus grupos na Primeira Fase, em ordem crescente, recebendo a numeração de 17 a 32.

Nas fases seguintes, sempre em mata-mata com jogos de ida e volta, o clube com melhor campanha na somatória das fases anteriores terá vantagem de decidir em casa. Os quatro melhores colocados conquistarão o acesso à Série C. Os finalistas ainda decidirão o título da edição 2018.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*