Desde 1989: Confira todas as campanhas do Bahia na Copa do Brasil

Em 2018, Esquadrão chegou nas quartas de final do torneio

Foto: Pei Fon / TNH1

O Esporte Clube Bahia ainda que não tenha alcançado o estágio ideal especialmente para aquele torcedor de maior exigência, avançou de sobremaneira a partir do ano de 2016 quando entrou em uma nova fase e estilo de administração. UM dos reflexos desta ascensão é que hoje à noite enfrenta o São Paulo, se não podemos dizer em igualdade de condições, com chances reais para trazer a decisão para o segundo jogo dentro na Fonte Nova numa hipótese desejada de um bom resultado, ou até mesmo um revés do estilo possível de reversão. O jogo do último contra o próprio São Paulo no mesmo estádio do Morumbi é exemplo ainda vivo e ainda quente que se não indica triunfo, aponta e produz esperança.

 

A Copa do Brasil se não é a competição de maior importância no calendário do futebol nacional, supera qualquer outra no aspecto financeiro, além, é claro trás uma enorme visibilidade que entre outros dividendos e portas que se abrem, desperta o orgulho do torcedor tricolor quase que adormecido quando se tratando de competições em nível nacional. Portanto, começar removendo parte dos obstáculos hoje à noite e assim encaminhar a classificação para as quartas de final seria ou será de uma alegria de tamanho GG, gigante.

O Esporte Clube Bahia já realizou boas campanhas na Copa do Brasil. Na sua primeira participação em 1989 caiu nas quartas de final após perder para o Grêmio no estilo lasquinê, lá e cá. Naquela época, o torneio não tinha tanto apelo nem a mesma quantidade de clubes. Para chegar a tal estágio o tricolor superou apenas o Cruzeiro e o Confiança de Sergipe.  Em 2012, outra vez caiu para o Grêmio na mesma altura da competição.

Já tivemos campanhas decepcionantes como 2013 que não passamos na primeira fase caindo para o Luverdense. Outro vexame aconteceu em 2015 com aqueles 3 x 0 lá no Mangueirão para o Paysandu do técnico Dado Cavalcanti, hoje funcionário do clube servindo na categoria Sub-23. Porém, o pior de todos foi registrando em 2006 quando foi eliminado pelo Ceilândia em plena Fonte Nova, além do despacho do Icasa jogando na época (2008) em Feira de Santana

Já em 2016 já iniciando uma nova fase da área administrativa, entrou água logo na 2ª fase ao perder para o América-MG após perder na  Arena Fonte Nova, e apenas empatar no Estádio Independência, antes disso, o tricolor despacho do GLOBO. Em 2017, foi mal. O escorrego também na 2ª fase quando derrotado pelo Paraná Clube naquele jogo transferido por falta de policiamento em virtude do carnaval la no Paraná já no passado, entrou já nas oitavas de final, superou o Vasco, no entanto, caiu para o Palmeiras atuando em São Paulo após empatar em 0 x 0 na Fonte Nova.

Campanhas do Bahia na Copa do Brasil

1989 – Caiu para o Grêmio nas quartas de final

1990 – Caiu para o Flamengo nas quartas de final

1992 – Caiu para o Atlético-GO na 2ª fase

1994 – Caiu para o Internacional na 2ª fase

1995 – Caiu para o Cruzeiro na 2ª fase

1996 – Caiu para o Coritiba na 1ª fase

1997 – Caiu para o Coritiba na 1ª fase

1998 – Caiu para o Santos nas oitavas de final

1999 – Caiu nos pênaltis para o Juventude nas quartas de final

2000 – Caiu para o Flamengo nas oitavas

2001 – Caiu para o  Fortaleza nas oitavas

2002 – Caiu para o Atlético-MG nas quartas de final

2003 – Caiu para o Vasco nas oitavas

2005 –  Caiu para o Grêmio na 1ª fase

2006 –  Caiu para o Ceilândia na 1ª fase

2007 – Caíram para o Fluminense nas oitavas

2008 – Caiu para o Icasa na 1ª fase

2009 – Caiu para o Coritiba na 2ª fase

2010 – Caiu para o Atlético-GO na 2ª fase

2011 – Caiu para o Atlético-PR nas oitavas

2012 – Caiu para o Grêmio nas quartas

2013 – Caiu para o Luverdense na 2ª fase

2014 – Caiu para o Corinthians na 3ª fase

2015 – Caiu para o Paysandu na 3ª fase

2016 – Caiu para o América-MG na 2ª fase

2017 – Caiu para o Paraná na 2ª fase

2018 – Caiu para o Palmeiras nas quartas de final.

Copa do Brasil 2019

1ª fase
Rio Branco 2 x 2 Bahia

2ª fase
Santa Cruz de Natal 0 x 1 Bahia

3ª fase:
CRB 1 x 1 Bahia (Rei Pelé)
Bahia 1 x 0 CRB (Fonte Nova)

4ª fase:
Bahia 4 x 0 Londrina (Fonte Nova)
Londrina 2 x 1 Bahia (Estádio do Café)

Deixe seu comentário

2 Comentário

  1. Nunca fizemos boas campanhas neste torneio. Não aproveitamos, ainda, como o Sport fez e ganhou o torneio quando era disputado sem os times da libertadores… hoje ficou muito difícil. Naquela época viviamos as trevas na pior fase da historia do clube (e torcida nem reclamava, curioso)

    A única vez que vi a gente com grande chance de titulo foi 1999, mas levamos aquele gol inexplicável do juventude…

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*