Enderson admite atuação ruim e garante um Bahia forte no BA-VI

"Vamos voltar para casa, descansar e focar no clássico”, disse

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação EC Bahia

Fazendo uma partida muito abaixo do esperado e saindo de campo sob vaias, o Esporte Clube Bahia venceu por 1 a 0 o Santa Cruz de Natal, na Arena das Dunas, e avançou à terceira fase da Copa do Brasil para enfrentar o CRB de Alagoas que, por sua vez, avançou após eliminar o Goiás nos pênaltis (3 x 2) depois de empatar no tempo normal por 1 a 1. Na próxima fase, serão dois jogos (ida e volta). Os horários das partidas e mandos de campo ainda serão definidos através de sorteio. O único gol da partida aconteceu aos 28 minutos do primeiro com o centroavante Gilberto, convertendo penalidade máxima sofrida por ele mesmo.

Após o jogo, em entrevista coletiva, o técnico Enderson Moreira analisou a atuação do Bahia diante do Santa Cruz-RN, e admitiu que o time fez uma partida bem ruim no segundo tempo. “Nós fizemos dois tempos diferentes. No primeiro, além do gol, tivemos controle da partida e criamos outras boas oportunidades. Fomos muito abaixo na etapa final. Foi um tempo bem ruim, e isso proporcionou que o jogo ficasse aberto”, disse.

O próximo compromisso do Bahia é o clássico BA-VI, retornando à Salvador e reencontrando o seu torcedor após SETE partidas consecutivas fora de casa. O Esquadrão enfrenta o Vitória no domingo, às 16h, na Arena Fonte Nova, pela oitava (penúltima) rodada do Campeonato Baiano, novamente com torcida única por determinação do Ministério Público (MP-BA). O Tricolor ocupa o 3º lugar no Estadual com 11 pontos, enquanto o Leão é o líder com 12.

“Nós vamos recuperar os jogadores e entrar muito fortes no clássico, que será uma partida muito importante para o clube. Fizemos sete partidas fora de casa, do Uruguai a Teresina, com jogos de competições decisivas e até eliminações, não foi um período fácil para todos nós. Vamos voltar para casa, descansar e focar no clássico”, finalizou.

Ouça a entrevista abaixo:



 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*