Policiamento do BA-VI do Barradão contará com 376 militares da PM

Apesar da torcida e que com certeza não comparecerá em grande número, o BA-VI de Domingo pela 33ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro contará com 376 policiais militares distribuídos entre a parte interna e entorno do estádio. O efetivo foi definido após reunião com a Polícia Militar e contou com a presença de representantes do Esporte Clube Vitória, de torcedores, Transalvador, Guarda Municipal, Federação Baiana de Futebol e dos principais comandos especializados e táticos da PM, como Batalhão de Choque, Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/Rondesp Central, Esquadrão de Polícia Montada e Esquadrão de Motociclistas Águia.

O responsável pelo planejamento operacional, major PM Flávio Farias, fez questão de salientar a importância do cumprimento ao Estatuto do Torcedor.



“Nós já temos um alinhamento junto ao Ministério Público e sempre fazemos essa reunião para ajustar condutas e o emprego policial, buscando garantir a segurança total para todos os torcedores. E a melhor forma de prevenir ocorrências é cumprindo o as regras. O torcedor pode colaborar com o trabalho da PM, evitando levar para o estádio equipamentos proibidos como guarda-chuva, bastão de self, sinalizadores, fogos de artificio e afins”, enfatizou.

Serão realizadas abordagens pessoais nos portões de acesso, intensificação do policiamento nos principais corredores de tráfego, pontos de ônibus e estações de transbordo.

Deixe seu comentário