Atacante, diretor e auxiliar do Vitória foram julgados pelo STJD nesta sexta

O trio foi julgado pela expulsão no jogo contra o Inter

Nesta sexta-feira (19) aconteceu o julgamento do atacante Neilton, do auxiliar técnico Rodrigo Carpegiani e do diretor de futebol Jorge Machado, expulsos no jogo contra o Internacional, válido pela 27ª rodada do Brasileirão, em que o Leão foi claramente garfado com um erro absurdo do árbitro anotando um pênalti inexistente e posteriormente expulsando o camisa 10 por reclamação.

O trio foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Neilton e o auxiliar e filho de Carpegiani pegaram um jogo de gancho e, como já cumpriram a automática, estão livres para atuar contra o Corinthians, um em campo e outro na área técnica.

Neilton e Rodrigo Carpegiani foram citados na súmula pelo árbitro Sávio Pereira Sampaio, que relatou ter ouvido xingamentos de ambos. O auxiliar e filho de Carpegiani ainda empurrou o quarto árbitro, atitude que também foi relatada no documento.

Já o diretor de futebol rubro-negro, Jorge Machado, foi suspenso por 15 dias. Ele também foi citado em súmula por ter proferido xingamentos ao árbitro.



Prevenção: Vitória promove evento sobre os perigos do câncer de mama

Deixe seu comentário