Jogadores do Sport-PE lamentam derrota para o Bahia, a 7ª fora de casa

Depois de vencer o Paraná mesmo não fazendo uma boa partida, o Sport-PE teve uma recaída e caiu na real ao perder por 2 x 0 para o Esporte Clube Bahia hoje à noite na Fonte Nova completando uma seqüência de sete derrotas em seqüência quando atuando fora de casa.

Depois o jogo, sem querer justificar a derrota os atletas do Sport se cobraram muito após o tropeço. Insatisfeitos com o rendimento da equipe, os jogadores assumiram os erros e esperam uma reação na próxima partida da Série A, que será na Ilha do Retiro, contra o Cruzeiro. O confronto está marcado para este sábado (8), às 16h. Os comandados de Eduardo Baptista também ressaltaram o bom primeiro do Rubro-negro da Praça da Bandeira.



“Não sei o que dizer, não sei o que está acontecendo. Até mesmo eu falhei em alguns lances na frente. Temos que trabalhar esta semana e tirar os hábitos de erros. Vamos trabalhar muito isso para voltar os acertos”, destacou Sander.

“Quando a gente toma gol acaba sentindo a pancada. O time fica desnorteado, como vem acontecendo. No jogo em casa tivemos uma postura boa e saímos na frente. O primeiro tempo hoje aqui também, jogamos compactado. Foi assim até tomar o gol. Temos que permanecer bem, mesmo com o resultado adverso e manter a organização. Ter paciência para buscar o empate e quem sabe virar. Depois que tomamos o gol houve um abatimento e o Bahia soube aproveitar a situação”, complementou Rafael Marques.

Para Ernando, o Leão foi consistente no primeiro tempo, mas as coisas não deram certo na etapa complementar. “O primeiro tempo foi bem consistente. Estávamos marcando bem e saindo no contra-ataque. Até tivemos chances de abrir o placar primeiro. No segundo tempo tomamos um gol muito cedo e isso atrapalhou. Agora é continuar, temos um jogo difícil contra o Cruzeiro e vamos em busca dos três pontos”, disse.

Deixe seu comentário