Árbitro relata reclamação de Enderson Moreira no jogo São Paulo 1 x 0 Bahia

Após o jogo entre São Paulo e Bahia no sábado, em que o time paulista venceu por 1 x 0 com gol de Diego Souza, os jogadores do tricolor baiano e o técnico Enderson Moreira reclamaram bastante com o árbitro André Luiz de Freitas Castro, de Goiás, por conta do último lance da partida em que o juiz não permitiu que o Bahia cobrasse o escanteio e apitou o final do jogo.

O árbitro relatou na súmula os protestos do treinador que teria disparado: “Vergonha, vergonha, vergonha” e “o que foi, o que foi, você vai fazer o que?”.

“Informo que ao final da partida alguns atletas e comissão técnica da equipe do e.c. bahia, adentraram no campo de jogo, reclamando acintosamente contra a decisão da arbitragem de terminar a partida. após o fim do tumulto e quando a equipe do e.c. bahia, se dirigia ao vestiário da sua equipe, fui informado pelo quarto árbitro da partida, o sr. alberto poletto masseira que o técnico da equipe do e.c. bahia sr. enderson alves moreira, proferiu para a equipe de arbitragem as seguintes palavras ‘vergonha, vergonha, vergonha’ e posteriormente veio em direção a este mesmo quarto árbitro e disse as seguintes palavras ‘o que foi, o que foi, você vai fazer o que?'”, escreveu o árbitro na súmula.



Enderson Moreira também criticou a arbitragem após o jogo em entrevista coletiva.

“Acho assim, eles não têm padrão, outro dia fui expulso porque fui questionar exatamente isso. Quando está empatado, os caras aceleram o jogo todo. O adversário, em seus domínios, faz 1 a 0, eles não têm a mesma atitude. Ou se tem um critério único… (O árbitro) Falou comigo que deu 38 segundo a mais. Não dá pra entender. Ou dá o quatro e termina ou dá mais um imuto e dá o tempo desse mais um minuto. Fica a reclamação de não entender o critério. Jogo nosso contra o Sport deram seis minutos. Por que aqui não pode?”, disse o treinador.

Deixe seu comentário