Prefeitura de São Paulo cobrará do Santos danos causados no Pacaembu

A desclassificação, o tumulto, a suspensão da partida e a repercussão dos incidentes registrado ontem durante o jogo do Santos e Independiente no Estádio do Pacaembu pelas as quartas de final da Libertadores vai custar caro aos time paulista pelos danos físicos ao equipamento da Prefeitura de São Paulo que através de nota já se manifestou.

Confira a nota completa:



A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer lamenta profundamente o que aconteceu na noite de ontem nas arquibancadas do estádio do Pacaembu durante a realização da partida entre as equipes do Santos e Independiente, da Argentina e informa que fez um levantamento parcial sobre as depredações ocorridas durante a partida válida pela Copa Libertadores da América.

Foram destruídas mais de 60 cadeiras do setor laranja da arquibancada, parte dos alambrados foram amassados, os banheiros tiveram as torneiras quebradas, bem como alguns banheiros químicos, que são locados, foram vandalizados. Também foi constatado que parte do gramado sofreu avarias devido aos artefatos jogados antes de a partida ser interrompida. Hoje será feito um levantamento mais apurado e contabilidade de todos os prejuízos será enviada a diretoria do Santos Futebol Clube.

Deixe seu comentário