Morre Buttice, ídolo do Bahia do passado e que jamais tomou um gol de Pelé

Pouco que andam por este espaço tem conhecimento de quem se trata quando mencionado o nome de Carlos Adolfo Buttice, argentino nascido na cidade de Monte Grande na Argentina. Pois bem, trata-se de um dos melhores goleiros com passagem pelo Esporte Clube Bahia seja nos tempos modernos ou passados. Infelizmente, o jogador hoje com 75 anos faleceu na tarde desta sexta-feira.

Por indicação de Zezé Moreira que também tem passagem pelo Bahia, Buttice veio atuar no Brasil. Inicialmente atuou pelo América do Rio de Janeiro, passou pelo Corinthians, no entanto, se revelou nos seus melhores momentos vestindo a camisa do tricolor de aço. O jogador se orgulhava que mesmo atuando em 15 oportunidades contra o Pelé, jamais levou um gol do negão, considerado o maior jogador do mundo de todos os tempos.

Passou quatro temporadas no futebol chileno (1977 a 1982) pelo Unión Española e novamente voltou a Argentina para jogar pelo Banfield (1981 e 1982) e o Colón, em 1983, clube pelo qual encerrou sua carreira. Buttice, pai de dois filhos e avô de cinco netos e morava em Buenos Aires.

Em nota, o Bahia lamentou o ocorrido. “A diretoria do Esporte Clube Bahia manifesta solidariedade aos amigos e familiares de Carlos Adolfo Buttice, lendário argentino que defendeu a meta tricolor, que faleceu nesta sexta-feira (3), aos 75 anos”.



LEIA TAMBÉM

Allione é reprovado nos exames médicos e não deve assinar com o Racing

Deixe seu comentário