Injustiçado, goleiro do Cruzeiro cutuca convocação da Seleção Brasileira

Ídolo do Cruzeiro onde atua desde 2005 e sempre mantendo uma regularidade, o goleiro Fábio entrou para a lista daqueles atletas tratados como “injustiçados”, que nunca vestiram a camisa da Seleção Brasileira. Recentemente o técnico Tite anunciou uma nova convocação, a primeira após eliminação na Copa do Mundo, e o arqueiro da Raposa que vive uma grande fase não foi lembrado, certamente pela idade já avançada (37 anos). Até hoje, Fábio não entende os motivos pelo qual nunca foi chamado, tampouco os critérios utilizados para convocação.

Na quarta-feira, o goleiro voltou a brilhar pegando mais um pênalti e evitando a derrota do Cruzeiro para o Grêmio. Ao sair de campo, ele foi perguntado sobre a ausência na lista de convocados e voltou a cutucar os critérios da Seleção Brasileira. Veja abaixo:



“Infelizmente, a gente não sabe os critérios que são usados. Eu tenho certeza que o critério não é o mesmo, porque Seleção é o ápice da carreira. Ao longo desses anos, são poucos que conseguiram manter um tempo tão grande jogando em alto nível. Passa quatro anos, passam quatro anos, e eu estou aí, graças a Deus, podendo ajudar o Cruzeiro”, disse.

Deixe seu comentário