Diego Cerri explica negociação entre Bahia e Palmeiras por Zé Rafael. Ouça!

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após muito disse me disse sobre o suposto acerto do meia Zé Rafael com o Palmeiras, o Esporte Clube Bahia finalmente se pronunciou, através do seu diretor de futebol. Diego Cerri compareceu na sala de imprensa do Fazendão no final da tarde desta sexta-feira (10) e negou que o negócio esteja fechado, porém, admitiu que conversas existem, estão evoluindo e deu a entender que o martelo está cada mais vez mais próximo de ser batido.

A informação da venda do meia Zé Rafael veio do site Nosso Palestra, portal de notícias destinado ao Palmeiras, e posteriormente do canal ESPN. Foi revelado que os valores seriam de 4 milhões de euros e 5 anos de contrato.

“É um assunto que sempre está em pauta pelo destaque de Zé. Sempre surge uma especulação, uma notícia sem fundamento. Tivemos propostas, o Palmeiras tem a preferência, foi uma coisa que o Palmeiras adquiriu. Estamos conversando com o Palmeiras e demonstraram interesse em exercer. Estamos cada vez mais conversando. Discutimos no começo do ano e o entendimento seria a permanência do Zé para esse ano. Ele permaneceu. As propostas apareceram já faz tempo e entendemos que seria importante um sacrifício para mantê-lo. Uma venda é uma receita importante, mas preferimos manter pela parte esportiva. Conhecemos o jogador, sabíamos que tinha tudo para fazer um segundo ano bom e que teríamos a oportunidade de vender posteriormente”, declarou.

OUÇA O ÁUDIO DA ENTREVISTA:



VEJA TAMBÉM: Palmeiras foi avisado pelo Bahia de uma proposta do Porto

Deixe seu comentário