Coritiba lança marca própria. Bahia segue no mesmo caminho

O Bahia promete para Setembro o lançamento da sua marca própria de material esportiva, o Coritiba já se antecipou e criou a marca “1909” que ficará no lugar da Adidas na confecção dos uniformes da equipe paranaense. Como não precisará dividir os ganhos com uma empresa patrocinadora, a equipe espera conseguir o maior faturamento de sua história com o licenciamento.

De acordo o clube a expectativa é que no primeiro ano, lucrar R$ 1 milhão com as vendas de camisa. Em comparação, o clube recebeu, pelos dois últimos anos de acordo com a Adidas, R$ 200 mil, mostrando que de fato trata-se de um caminho sem volta.

A marca é própria, mas cada etapa do projeto foi dividida por empresas contratadas. A principal, a confecção, ficou por conta da Bomache. O Coritiba também contratou companhias para ceder o tecido e para fazer o desenho, além de uma agência para promover a nova vestimenta aos torcedores.



A Bomache será também a responsável por distribuir as camisas no varejo nacional; a companhia faz trabalhos semelhantes com Paysandu, Santa Cruz e Fortaleza. A entrega de material da empresa será outro diferencial: serão 20 mil uniformes, o dobro do que era fornecido pela Adidas durante as últimas temporadas.

Outra vantagem apontada pelo Coritiba é a possibilidade de fazer pedidos específicos sem a necessidade de passar pela burocracia de uma grande companhia.

“Além de termos toda a gerência no desenvolvimento dos produtos, das peças de material esportivo, das camisas de jogo, a nossa expectativa é atender algumas demandas da torcida”, celebrou o vice-presidente do clube, Anibal Mesquita em entrevista ao site Maquina do Esporte

Deixe seu comentário