Corinthians vende meia para o mesmo clube que tirou Keno do Palmeiras

Já esperado, o Corinthians acertou neste sábado a venda do meia Rodriguinho, um dos destaques do time, para o Pyramids, do Egito, por US$ 6 milhões – algo próximo ou parecido com R$ 22,6 milhões. A negociação está praticamente sacramentada, faltando apenas a troca dos documentos e os exames médicos. O jogador se despede do clube no clássico paulista deste sábado contra o São Paulo.

O Corinthians ficará com 50% dos R$ 22,6 milhões. O Capivariano, equipe do interior paulista receberá 40% e o América-MG outros 10%. No Timão desde 2013, Rodriguinho entrou em campo 174 jogos e marcou 35 gols – sem contar o clássico deste sábado. O contrato com o novo clube será válido por três anos.

O Pyramids é a mesma equipe que tirou Keno do Palmeiras no fim de junho. O palmeirense saiu por US$ 10 milhões, cerca de R$ 37,8 milhões à época. Os jogadores serão treinados pelo téncico Alberto Valentim, ex-Botafogo, que também foi para o Egito. Como as vagas para estrangeiros já estavam fechadas, o clube egípcio deve vencer Arthur Caike, recém-contratado da Chapecoense.



Flamengo se reabilita e vence o Botafogo: Veja os gols do jogo

Deixe seu comentário