Goleada da Rússia na abertura da Copa surpreendente a própria torcida

Vista como azarão e desacreditada pela própria torcida, a Rússia estreou na Copa do Mundo com uma surpreendente goleada por 5 a 0 sobre a Arábia Saudita, no Estádio Luzhniki, em Moscou, e encerrou um jejum de sete jogos sem vitórias.

A Rússia não vencia um compromisso oficial desde 7 de outubro do ano passado, quando bateu a Coreia do Sul por 4 a 2 em amistoso. A incômoda sequência provocou críticas entre torcedores e analistas. A resposta foi a criação de uma campanha, promovida por celebridades locais, chamada “O Bigode da Esperança”, em referência ao treinador.

Amanhã, Egito e Uruguai encerrarão a primeira rodada do grupo A, no Estádio Central, na cidade de Ecaterimburgo. Depois disso, os russos voltarão a campo nesta terça-feira, contra os egípcios, em São Petersburgo, e os sauditas duelarão no dia seguinte com os uruguaios, em Rostov.

Veja os melhores momentos

Ficha técnica:.



Rússia: Akinfeev; Mário Fernandes, Kutepov, Ignashevich e Zhirkov; Gazinsky, Zobnin, Samedov (Kuziyaev), Dzagoev (Cheryshev) e Golovin; Smolov (Dzyuba). Técnico: Stanislav Cherchesov.

Arábia Saudita: Al Muaiouf; Al Burayk, Osama Hawsawi, Omar Hawsawi e Al Shahrani; Al Faraj, Al Dawsari, Otayf (Al Muwallad), Aljassam e Al Shehri (Bahbir); Al Sahlawi (Asiri). Técnico: Juan Antonio Pizzi.

Árbitro: Néstor Pitana (Argentina), auxiliado pelos compatriotas Hernán Maidana e Juan Pablo Belatti.

Gols: Gazinsky, Cheryshev (2), Dzyuba e Golovin (Rússia).

Cartões amarelos: Golovin (Rússia); e Aljassam (Arábia Saudita).

Estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia).

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*