Auxiliar técnico vai substituir Guto Ferreira no Bahia pela segunda vez

Foto: Felipe Oliveira

O técnico Guto Ferreira não vai comandar o Bahia no jogo da próxima quinta-feira por conta do falecimento da sua mãe, aos 88 anos. Com isso, pela segunda vez, o treinador será substituído pelo auxiliar Alexandre Faganello que comandou o treino hoje (02) no estádio de Pituaçu, encerrando a preparação para o duelo contra o Botafogo-PB.

O auxiliar técnico lamentou a morte da mãe do treinador, mas ressaltou a importância do jogo decisivo contra o Belo, em que o time não pode de forma alguma dar bobeira após construir uma vantagem na ida. Ele também valorizou o grupo tricolor e apontou que todos os jogadores do elenco tem condição de estar entre os onze titulares. Veja abaixo:



“É uma situação delicada, todos nós estamos sentindo, é uma perda irreparável. Não queria substituir por esse motivo, mas a gente tem que levar a vida para frente e estamos aqui para suprir em qualquer situação. É um momento de decisão, não podemos dar bobeira nenhuma. É um jogo difícil, sabemos da qualidade do Botafogo. Vamos entrar para entrar e vencer…”

“A gente entra em todos os jogos para fazer os gols. Eles estão preparados para isso. O erro acontece, faz parte, trabalhamos bastante para não acontecer. De forma alguma vamos desmerecer o Botafogo. Foi um acaso os gols que Becão e Brumado perderam. Estamos trabalhando para que, se pintar as oportunidades, a gente possa fazer os gols…”

“O conjunto é um fator determinante para a equipe ter evolução. Os jogadores que não estão jogando direto tem totais condições de entrar na equipe. Deixamos em aberto todas as posições para o jogador que estiver evoluindo assumir a titularidade. Contamos com todos do elenco e todos tem condições de ser titulares”, disse.

Com Kayke de volta, Bahia está relacionado para enfrentar o Botafogo-PB

Deixe seu comentário