Ceará, torcida OURO do Nordeste: supera Bahia e Vitória mesmo juntos!

Depois de cinco rodadas disputadas na Série A do Campeonato Brasileiro, três dos quatro nordestinos estão metidos dentro da zona de rebaixamento, aliás, exatamente como era previsto. Sem novidades, susto ou sobressaltos.

Apenas o Sport-PE sobrevive com o pescoço fora da guilhotina, ocupando com sete pontos a décima primeira posição, dois além do primeiro do Z4. No entanto, no aspecto, renda e público nos seus estádios, se o Ceará é vice-lanterna da tabela de pontuação, o vovó, é o quarto na presença de público dando um autentico banho na dupla Bahia e Vitória mesmo quando somado a presença de público de ambos.



Nos três confrontos como mandantes do Ceará no Castelão. Empates diante de São Paulo (0x0) e América-MG (2×2) e derrota para o Flamengo (0x3) o time cearense levou 95.036 pagantes, média de 31.679 por partida, perdendo apenas Flamengo (51.229), Corinthians (34.698), Grêmio (31.954). O ticket médio nos jogos do Ceará é de 29.00 reais.

Já nos três confrontos do Esporte Clube Bahia, um dia lido e visto como a maior torcida do nordeste, nos empates contra Atlético-PR e São Paulo e o triunfo contra o Santos, registrou um total de público de 52, 670 torcedores na Arena Fonte Nova, média de 17.556 por partida. O ticket médio nos jogos do Bahia é de 22.00 reais.

O Esporte Clube Vitória entra nestes números prejudicado, já que só realizou dois jogos dentro de Barradão, ambos contra clubes cariocas. Empatou em 2 x 2 com o Flamengo e perdeu por 2 x 1 para o Fluminense ( Curiosamente, o Leão só jogou contra cariocas e Mineiros no atual brasileiro)

Nos dois jogos em casa o Leão levou apenas 19.321 pagantes, média 9.660 torcedor por jogo. Com um agravante. O ticket médio nos jogos do Vitória é de 15.00 reais, superior apenas os jogos do América-MG no Estádio Independência que registra ingressos médio de apenas 11.00 reais.

Deixe seu comentário