Substituto de Mancini cita erro e critica árbitro após derrota no BA-VI

Assim como os jogadores, o auxiliar e atualmente substituto do técnico Vagner Mancini (suspenso), Anderson Batatais, fez críticas ao árbitro Luiz Flávio de Oliveira, após a derrota do Vitória por 2 a 1 para o Bahia, neste domingo (1º), na Arena Fonte Nova, válido pelo primeiro jogo da final do Campeonato Baiano. Para o assistente, houve um erro capital que mudou o rumo da partida: A não expulsão do goleiro Douglas, que resvalou a mão na bola fora de área após impedir passagem de Neílton. O arqueiro foi punido apenas com o cartão amarelo.

“Quero colocar bem claro que o lance capital do jogo foi do árbitro. Nunca vi você dar uma falta de uma bola que bate no peito do adversário. Se bate na mão é falta. Se a bola não bate na não do goleiro, ia no gol, e seria nosso gol. E eles fizeram com um a menos. Teve um erro capital da arbitragem. O que fez falta foi o árbitro ter coragem, já que ele deu a falta, de expulsar o jogador. O Neilton tentou fazer o que tinha que ser feito, mas foi impedido pelo adversário. Eu faria a mesma coisa. Se fosse o goleiro, também faria a mesma coisa. Cabe ao árbitro aplicar a regra. Se trata de um bom árbitro, pra mim um dos melhores do Brasil, mas errou. Ficar reclamando não vai adiantar nada, mas que foi um lance capital, foi”, disparou.

As duas equipes se encontram no próximo domingo, dia 8, às 16 horas, no Barradão. Com o resultado deste domingo, o Bahia tem a vantagem de jogar pelo empate. O Vitória, por sua vez, precisa vencer por qualquer placar para levantar o caneco.


Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*