Médico do Vitória fala sobre atletas que estão ‘acampados’ no DM

O médico Wilson Vasconcelos, do Esporte Clube Vitória, explicou nesta segunda-feira a situação dos jogadores que estão “acampados” no departamento médico do clube. Casos dos atacantes Neílton e André Lima, do volante Fillipe Soutto, dos meias Cleiton Xavier e Luan e do lateral-esquerdo Bryan. Todos se recuperam de lesões. O meia Cleiton Xavier e o lateral Bryan tiveram uma lesão semelhante.

A situação mais tranquila é do atacante Neílton, que pode retornar neste fim de semana ou na outra. O jogador sofreu uma lesão grau 1 na coxa. Já Fillipe Soutto e Luan tiveram lesões traumáticas. O primeiro poderá voltar em três semanas, enquanto o outro segue sem previsão. Enquanto isso, André Lima teve uma fratura no metatarso.

VEJA AS EXPLICAÇÕES ABAIXO:



“Neilton foi o jogador que mais participou em partidas do Vitória no ano, um dos que mais disputou partidas no Brasil. Fez uma lesão grau um na coxa esquerda, tem previsão de fazer ultrassom no início desta semana. A ideia de estar contando com ele ou neste fim de semana ou na próxima semana”

“Eles tiveram lesões traumáticas. Fillipe Soutto teve lesão no joelho, precisa de três semanas até cicatrização completa. Luan sofreu uma lesão bem extensiva na coxa, parecida com a de Bruno Ramires no ano passado. Vamos fazer exames para ter prognostico de retorno. Luan não tem previsão inicial. Partimos de três a quatro semanas. Essas lesões precisam, as vezes, ser operadas com urgência”, explicou o médico.

“Cleiton teve um arrancamento da posterior da coxa, lesão parecida com ado Bryan, que teve no adutor. Esperamos por três semanas para fazer um exame de controle e ter um prognostico. Bryan está completando um mês de lesão, fez exame de controle. Tem que esperar o tendão se recompor e maturar. Precisa de um tempo para curar a lesão e um tempo de repouso para reforçar. Bryan quando jogava no América-MG teve uma lesão parecida, na coxa direita, agora foi na esquerda. Ele precisou de dois meses e meio, três meses, para recuperar. Essa é a previsão. Completou um mês agora. Acredito que vai precisar de mais um mês e meio”

“André Lime tem uma fratura no metatarso. Fizemos exame, apresenta consolidação parcial, mais duas semanas entregaremos ao campo”

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*