Jacobina perto de fechar parceria de bom aporte financeiro para o clube

O Jacobina está muito próximo de acertar uma nova parceria com um bom aporte financeiro para o clube. Quem confirmou a informação foi o próprio presidente da agremiação, Rafael Damasceno, porém, o mesmo não não revelou o nome do investidor e nem o valor envolvido, apenas garantiu que está por detalhes para fechar o acordo.

De acordo com Damasceno, os primeiros investimentos seriam destinados ao futebol profissional. Em seguida, as divisões de base do clube também deverão ser abraçadas pelo novo projeto. Sobre a duração do contrato, Rafael Damasceno falou que este ainda é um dos pontos que faltam para concretizar a parceria.

“[As negociações] Estão bem avançadas. Já tivemos uma reunião e vamos ter outra agora lá em Jacobina. Mas possivelmente vem aí uma grande investidora, uma grande parceira, que vai fazer o Jacobina ser uma força do futebol do Nordeste. Vai justamente fazer com que a gente resolva a nossa maior dificuldade que era a financeira. A gente tem hoje um grande fator que é o mando de campo, temos uma torcida fantástica e maravilhosa, mas sempre pecamos na questão financeira. Posso dizer que está 99,9% batido o martelo. Só falta mesmo assinar o contrato, que deve acontecer nos próximos 15 dias. Tenho certeza que o Jacobina vai vir forte, organizado e com uma grande estrutura”

“Inicialmente o intuito é investir no profissional, mas logo em seguida vamos começar também um trabalho forte na base. A gente sempre terceirizou a nossa base, mas nesse ano queremos realmente reassumir a nossa divisão de base para que a gente possa revelar para equipe profissional e para negociações”

“Ainda estamos discutindo esses detalhes. Questão de tempo de contrato, como vai ser… Mas a ideia nossa é que seja para muitos e muitos anos. Que seja uma parceria duradoura que possa ser para muitos anos e não só para um ou dois anos ou uma competição não. Estamos discutindo isso, mas mesmo que seja por pouco tempo, poderemos renovar”




O Jacobina escapou do rebaixamento no Campeonato Baiano deste ano. O Jegue terminou a primeira fase na oitava colocação com sete pontos. Em nove jogos, o time venceu dois, empatou um e perdeu seis, um aproveitamento de quase 26%. O clube não tem mais nenhum compromisso nesta temporada de 2018.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*