Atlético-MG tenta e consegue bloquear dinheiro do Sport-PE na justiça

O Atlético-MG conseguiu uma vitória na Justiça, contra o Sport. O time mineiro conseguiu bloquear parte do valor da venda do atacante André do Leão ao Grêmio. O clube mineiro alega que não recebeu, desde fevereiro de 2017, o valor referente aos direitos econômicos de 20% do centroavante então adquiridos pelo Rubro-Negro.

Esse percentual fez parte da negociação com o Sporting, de Portugal, que trouxe o atacante de volta à Ilha do Retiro. O juiz Marco Aurélio Chaves Albuquerque, da 13ª Vara Cível de Belo Horizonte, determinou que a quantia devida ao Galo, estimada em R$ 1,3 milhão, seja retida conforme o Tricolor Gaúcho pague ao Sport pela compra dos direitos do atleta. A foi publicada nessa nesta quarta-feira



O acordo entre Sport e Grêmio foi feito de forma parcelada. Com isso, a cada vez que o montante for depositado nos cofres leoninos, uma parte ficará retida até que alcance o valor total da dívida. A ação movida pelo Galo teve início no fim do mês passado. A informação da decisão foi divulgada inicialmente pelo site Globoesporte.com

“O Sport tem uma dívida que gira em torno de R$ 1,3 milhão além dos juros. Nós tentamos uma composição amigável, mas não foi possível. Isso já vem se arrastando. Então, entramos com uma ação de execução em Belo Horizonte e pedimos o bloqueio do valor da venda dos direitos econômicos de André ao Grêmio até o limite do valor que nos devem. Isso foi concedido e o Grêmio já foi intimado”, disse o vice-presidente do Atlético, Lásaro Cândido da Cunha, que ainda revelou que o acordo foi tentado diretamente com o presidente do Sport, Arnaldo Barros. No fim do mês passado, o Sport vendeu André para o Grêmio em um valor estimado de R$ 10 milhões.

Deixe seu comentário

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. w88top.com
  2. craft die cuts
  3. forum

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*