Técnico do Atlântico esperançoso pela permanência na elite do Baianão

A equipe do técnico Eduardo Bahia não depende apenas de si

O Campeonato Baiano define nesta quarta-feira (07) os quatro clubes classificados para a fase semifinal, assim como o único rebaixado à Série B do Estadual, disputado por Atlântico e Jacobina. Atual lanterna, com 2 pontos, o Atlântico teve tudo para jogar o peso nas costas do Jacobina, porém, levou o empate do Bahia de Feira aos 48 minutos do 2º tempo e deixou de somar mais dois pontos essenciais na luta contra o descenso.

A equipe do técnico Eduardo Bahia não depende apenas de si para escapar do rebaixamento à Série B. O time de Salvador precisará vencer a Juazeirense na próxima quarta, em Pituaçu, e ainda terá que torcer por um tropeço do Jacobina, que joga em casa contra o já desmotivado Vitória da Conquista. Apesar da situação delicada, o treinador do Tubarão se mantém esperançoso pela permanência do clube na elite do estadual.

“A gente pegou a equipe no meio da confusão. Fizemos um grande jogo com o Bahia na Fonte Nova e hoje novamente. Infelizmente estamos tomando os gols no final. Estamos vivos ainda na competição, pelo comprometimento dos atletas”, disse.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*