Após estrear como titular e agradar, meia pode seguir no time do Vitória

Nickson concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça

Foto: Maurícia da Matta

Cria da base do Vitória, o meia Nickson fez sua estreia como titular pelo time profissional do Leão neste domingo, no triunfo sobre o Jacobina, no estádio do Barradão, pela 8ª rodada do Campeonato Baiano. A atuação do atleta agradou o técnico Vagner Mancini que pode mantê-lo na equipe titular no jogo desta quarta-feira, contra o Fluminense de Feira, no Joia da Princesa, pelo encerramento da 1ª fase.

Nickson concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça-feira e falou sobre a possibilidade de permanecer na posição exercida pelo meia Yago. Apenas dos 20 anos, o jogador acredita estar mais maduro do que quando estreou pelo Vitória, em 2014. Em 2017, o jovem foi emprestado ao Cruzeiro, porém, não teve muitas oportunidades. Foram apenas 3 jogos. De volta ao Leão, ele garante que vai buscar seu espaço.

“Acho que ele queria me comparar um pouco com a função do Yago, que é um meia cadenciado, gosta de jogar por dentro. É uma função que faço bem. Acho que ele quis comparar um pouco as características. Espero poder jogar. Professor Mancini sabe muito bem o que está fazendo com o grupo. Esse ano é o primeiro como profissional de verdade. Quero buscar meu espaço para estar no time titular. Esperei tanto essa oportunidade e vou mostrar trabalho. Acabei exagerando um pouco nas férias, mas aqui tem um grupo muito forte de trabalhadores competentes na parte preparatória. Acabei perdendo bastante peso em 40 dias. Mancini conversou comigo que queria minha atuação, mas que me queria na minha melhor forma. Eu ainda não estou na melhor forma, estou buscando a melhor forma”, disse.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*