Após entregada, Jean se desculpa com são paulinos e culpa falta de ritmo

Jean tentou sair jogando com os pés e deu a bola para o adversário

Titular do São Paulo após lesão de Sidão, o goleiro Jean completou seu quarto jogo pelo tricolor do Morumbi e já sente a pressão que é vestir a camisa que um dia vestiu o ídolo são paulino Rogério Ceni. Após ter feito uma boa partida no meio de semana evitando uma goleada do Palmeiras sobre o São Paulo (perdeu por 2 x 0), o arqueiro neste domingo quase complicou a vida do seu time diante do Red Bull Brasil.

No início do jogo do Morumbi, Jean tentou sair jogando com os pés e passou a bola para o zagueiro Aderllan, dentro da área. O defensor devolveu para o arqueiro que, pressionado pelos atacantes, deu a “entregada”. A bola sobrou para Edmilson abrir o placar. Logo após o gol, o goleiro colocou a mão no peito e acenou para a torcida em sinal de desculpas. Por sorte, o São Paulo conseguiu a virada e a classificação como líder do grupo do Campeonato Paulista.

Após o jogo, Jean admitiu que falhou e aproveitou para pedir desculpas ao torcedor do São Paulo. O ex-goleiro do Bahia “culpou” a falta de ritmo e destacou que precisa pegar um pouco mais de confiança para deslanchar durante a competição. Diferente do que acontecia com os goleiros Dênis, Sidão e Renan Ribeiro na temporada passada, Jean não foi vaiado, mas escutou o descontentamento vindo das arquibancadas ao fim do primeiro tempo.

“Foi um erro meu ali, na saída de bola, originou no gol. Mas o importante é que a equipe conseguiu reagir e viramos o placar. É só o meu quarto jogo ainda, estou um pouco sem ritmo ainda e, jogo a jogo, venho reconquistando o ritmo do ano passado. É pegar um pouco mais de confiança para deslanchar durante a competição. Goleiro não pode errar senão dá problema lá atrás. Tem de esquecer o lance e pensar no lance seguinte para não errar mais e prejudicar mais o time. Os torcedores estão com razão porque já perdemos três clássicos esse ano. Agora é começar a ganhar nas decisões para reconquistar a confiança deles, para que eles voltem a torcer e comemorem títulos conosco”, disse.

Veja o lance:

Deixe seu comentário