Presidente do Vitória afirma que procurador além de Bahia é irresponsável

"Eu não tenho dúvida do resultado disso, o Vitória não será punido", disse

O Esporte Clube Vitória ainda não tomou conhecimento da denúncia do Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia sobre os acontecimentos do Ba-Vi do último domingo (18). A procuradoria pediu a desclassificação e rebaixamento do Vitória, por ter dado encerramento à partida de forma intencional.

O mesmo não sendo notificado de forma oficiosa já se pronunciou através do seu presidente Ricardo David. Segundo ele, batendo na mesma tecla, o procurador é torcedor do Bahia, além disso, é um irresponsável. Ou seja, qualquer medida que venha contra o Vitória, a justificativa está pronta: É torcedor do Bahia e estamos conversado.

“Estamos aqui reunidos, mas ainda não recebemos a notificação para entender essa atitude descabida, absurda, arbitrária, desproporcional, tendenciosa, para não dizer irresponsável, de um procurador do TJD que não tem a intenção que devia ter, um torcedor declarado do Bahia”

“Eu não tenho dúvida do resultado disso, o Vitória não será punido, absolutamente. Os atletas, obviamente, claro. Aí fica por questão de interpretação, foram citados na súmula, não temos nada a declarar sobre isso. Mas punir a instituição com exclusão e segunda divisão. Isso é de uma responsabilidade sem precedentes de alguém tendencioso” diz Ricardo David em entrevista ao site Universo Online.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*