“Infelizmente foi um triunfo do Bahia que não tem aquele gostinho”, diz Guto

"Quem se desequilibrou foram eles, em defesa, e nós na sequência"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O técnico do Bahia, Guto Ferreira, concedeu entrevista coletiva após o vergonhoso BA-VI deste domingo que terminou aos 34 minutos do segundo tempo, após o árbitro expulsar cinco jogadores do Vitória. O placar marcava o empate de 1 a 1. Considerando o triunfo do Bahia (de acordo com o regulamento da CBF), Guto disse que não teve aquele gostinho o triunfo e diz ter sido inédito o que aconteceu no Barradão.

“Infelizmente foi um triunfo do Bahia que não tem aquele gostinho, porque dentro de campo não foi possível terminar da maneira que teria que terminar. Mas não cabe a nós julgar e tomar decisões por eles. Na minha carreira é inédito acabar dessa maneira. Mas eu não estou aqui para julgar ninguém. Eu acho que um erro não justifica o outro. Ele pode ter se passado, mas caberia à arbitragem e a vocês da imprensa tecer qualquer tipo de crítica e análise sobre ele no final da partida e não [tirar] satisfação da maneira que foi por parte dos jogadores. Ele simplesmente comemorou, como eles comemoraram com dancinha quando fizeram o gol. Então não podemos mais comemorar. Quem se desequilibrou foram eles, em defesa, nós também nos desequilibramos na sequência”

Veja o áudio da entrevista:

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Vim do futuro pra dizer que o Vice do Lixão foi premiado com a queda para série B e está indo para a C. Como premio também ficou nacionalmente conhecido como GALINHA FUJONA kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. best way to learn
  2. p58#https://bizhub24.pl
  3. w88

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*