Governo promete e cumpre: Acesso ao Barradão será entregue dia 17

A data foi marcada pelo governador Rui Costa (PT) na noite desta quarta-feira (31)

Como prometido, a avenida Mário Sérgio, a via Barradão, que liga a Avenida Paralela ao Estádio Manoel Barradas, o Barradão, no bairro de Canabrava, em Salvador, um velho sonho da torcida do Esporte Cube Vitória, será entregue à população no dia 17 de fevereiro, um dia antes do primeiro clássico do ano entre Bahia e Vitória (Ba x Vi).

A data foi marcada pelo governador Rui Costa (PT)  durante reunião com dirigentes do Clube. O nome da avenida é uma homenagem ao um dos maiores jogadores que passaram pelo Esporte Clube Vitória, morto no acidente aéreo com o time da Chapecoense em 28 de novembro de 2016.

“Nós vamos apresentar a via na sexta-feira (16) para a imprensa, no dia 17 faremos um evento para a comunidade, um dia de cidadania nesta via, com vários serviços em uma parceria com o Vitória, e no domingo ela já estará disponível para o Ba x Vi”, declarou o governador em declaração ao site da Secretaria de Comunicação Social do Governo do Estado da Bahia.

Com pista dupla, 3,5 km de distância, passeios em ambos os lados, totalmente urbanizada, com acessibilidade, escadarias, ciclofaixa, recuo de baias de ônibus e três paradas para coletivos, a Via Barradão recebeu investimentos da ordem de R$40 milhões.

A obra da Companhia de Desenvolvimento do estado da Bahia (Conder) facilitará o acesso dos torcedores ao Estádio do Vitória e também beneficiará os moradores dos bairros de Castelo Branco, Pau da Lima e Via Regional.

“É mais uma obra de mobilidade do Governo do Estado. A Conder recebeu esse desafio e está implantando a ligação entre a Artêmio de Castro e a Av. Paralela, que vai facilitar o deslocamento das pessoas para o miolo da cidade e vice-versa”, explicou o diretor de obras do órgão, Sérgio Silva. Outra vantagem é que a avenida fica a 300m da estação Flamboyant do Metrô.

Para o presidente do Vitória, Ricardo David, a obra é mais uma conquista dos torcedores. “Nossa história contempla marcos importantes. A inauguração do Barradão foi um dos grandes marcos, mas faltava como chegar a ele de maneira mais fácil. Foi sempre um anseio da torcida do Vitória poder ter essa facilidade e agora, graças a essa ação do Governo do Estado, hoje eu vi aqui que essa realidade está muito próxima”, declarou o presidente do rubro-negro.

Deixe seu comentário