Aliviado, Guto reconhece tempo ruim e elogia Hernane; Ouça a entrevista

"O Hernane está de parabéns, todos sabem do potencial, do goleador que ele é"

Foto: Felipe Oliveira

Após um primeiro tempo ruim e o segundo irreconhecível, o Esporte Clube Bahia atropelou o Vitória da Conquista, com direito a três gols do centroavante Hernane “Brocador” que saiu do banco para brilhar e lavar a alma. O resultado foi um respiro e tanto para o criticado e contestado técnico Guto Ferreira, que balançava no cargo com a sequência de resultados negativos no Campeonato Baiano.

“O primeiro tempo foi amarrado, criamos pelo menos quatro oportunidades, mas a bola não entrou. O gol do Zé Rafael trouxe tranquilidade e, na sequência, o Hernane fez o segundo, o terceiro e o quarto. Aí a tranquilidade pairou e a equipe conseguiu colocar para fora tudo o que vem sendo feito no pouco tempo que temos de trabalho. A equipe consegue reproduzir, criar situações de jogadas de qualidade e concretiza com um belo placar. A busca no intervalo foi trazer essa tranquilidade, mostrar para eles a competência, qualidade que eles têm. Tudo passa pela tranquilidade e confiança”, disse Guto.




O treinador além de reconhecer as dificuldades do Tricolor Baiano no primeiro tempo, enalteceu a atuação da equipe na etapa final. Mas não esqueceu de parabenizar a estrela da noite: O brocador Hernane. Apesar da vitória elástica, o treinador manteve os pés no chão e destacou que o time ainda não está na condição ideal.

“O Hernane está de parabéns, todos sabem do potencial, do goleador que ele é. Trabalhou muito para vivenciar de novo esse momento, isso dá a ele um nível de confiança, traz ao grupo um nível de confiança, nível que ele precisava para reverter muita coisa que a gente enfrenta no dia a dia”

Ouça a entrevista completa:

Veja também:

“Bahia voltou a ser Bahia. Hoje começou um novo Campeonato” diz Hernane

Deixe seu comentário