Vitória tem o objetivo de ser campeão baiano, diz zagueiro Kanu

Vitória estreia no Baianão domingo (21), contra a Juazeirense

Foto: Maurícia da Matta - EC Vitória

Com elenco reduzido e ainda por cima perdendo jogadores por lesão, o técnico Vagner Mancini não pode e nem vai poupar jogadores na próxima partida do Vitória. Como ele mesmo afirmou em entrevista recente (VEJA AQUI). O treinador falou que até gostaria de fazer rodízio, porém, não é possível realizar essa dinâmica com o elenco no momento. Mas se depender do zagueiro Kanu, ele não quer saber de ser poupado.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (19), quando foi questionado sobre a possibilidade de um rodízio de atletas, o beque de 33 anos foi enfático. “A gente é funcionário do clube, tem que jogar”. Ele ainda destacou que que apesar do cansaço, é preciso dar o máximo dentro de campo.

“A gente tem um plantel reduzido, jogadores estão chegando aos poucos. A gente é funcionário do clube, tem que jogar, independente dos jogos um em cima do outro. Temos que encarar como final, como se fosse o último. Claro que cansa, mas temos que dar o máximo”

Sobre Campeonato Baiano, em que o Vitória entra para manter sua hegemonia e buscar o tricampeonato, Kanu afirmou que o objetivo do Leão é ser campeão baiano. Em 2016 e 2017, sagrou-se campeão em cima do maior rival. O Rubro-Negro fará sua estreia no próximo domingo (21), às 18h30, contra a terceira força do Estado, Juazeirense.

“Campeonato Baiano o objetivo do clube é ser campeão. Esse ano não vai ser diferente, estamos montando equipe competitiva, só depende da gente. Vai ser difícil, sabemos da dificuldade, mas é passo a passo. Acho que todos os jogadores só conseguem botar nome na história com títulos, com conquistas. A gente tem como objetivo ser campeão. Temos que pensar jogo a jogo”, finalizou.

 

LEIA TAMBÉM:

“Kieza vai provar que é grande no nível como o do Vitória”, diz Ricardo David

Deixe seu comentário