Torcida do lança manifesto por um Vitória democrático e popular

ASSINE O MANIFESTO POR UM VITÓRIA POPULAR

As eleições do Esporte Clube Vitória acontecem nesta quarta-feira e que definirá o novo Presidente e Vice-Presidente do Conselho Diretor do clube após um período turbulento com a eleição de Ivan de Almeida que renunciou ao cargo antes mesmo de completar o seu primeiro ano de governo. O mandato será apenas de dois anos e sem eleição do conselho deliberativo.

Concorrem ao cargo os rubro-negros, Ricardo David, o inoxidável Raimundo Viana, Manoel Matos, Tiago Ruas e Gilson Presídio, sendo a grande novidade, creio eu positiva, com retorno do ex-presidente Paulo Carneiro, agora como diretor de futebol na chapa encabeçada por Manoel.

O torcedor do Vitória tem participação ativa  antes mesmo que ela aconteça  com lançamento de um manifesto listando posturas e condutas que necessitam serem implementadas para o avanço rubro-negro em direção da democratização e popularização do clube. O manifesto foi lançado originalmente pelo rubro-negro Mário Pinho da Arena Rubro-negra, posição que nos alinhamos por entender como de fundamental importância a participação do torcedor de forma dura e direta nos destinos do clube seja ele qual for.

Caros(as) torcedores(as) do Esporte Clube Vitória,

No próximo dia 13, o torcedor do Vitória poderá escolher, pela primeira vez de forma direta e sem intermédios, o presidente do nosso amado e centenário clube.

Infelizmente, nos vemos diante de um debate eleitoral carente de propostas concretas, pobre em disputa de concepções e sem opções reais de projetos que apontem algo relevante para o futuro de um Vitória efetivamente forte e popular. Essa é a razão do Manifesto que segue.

O EC Vitória teve a sua história mudada com a chegada de seu maior artilheiro: O BARRADÃO. Foi ele o elemento fundamental para que fossem superadas as crises que por décadas dividiram e prejudicaram o clube. Com a conquista de nossa casa, ocupamos novos territórios, atravessamos as fronteiras do elitismo e nos espalhamos por toda a cidade e por todo o estado.

Agora é fundamental darmos um novo salto. É chegada a hora de criar as condições para que um novo vetor de nosso crescimento aconteça. Um “novo Barradão”, um novo artilheiro na nossa história, capaz de elevar o nosso patamar.

Para nós, esse novo artilheiro tem nome: a POPULARIZAÇÃO DO ESPORTE CLUBE VITÓRIA.

Para que isso ocorra, a torcida do clube necessita estar organizada e unida em bandeiras e princípios a serem cobrados nos próximos anos.

O que está em jogo é a construção de um clube que reconheça os anseios da torcida, para isso, é preciso fortalecer a sua presença nos jogos e no cotidiano da instituição

Desse modo, elencamos os pontos chaves do processo de aprofundamento da DEMOCRACIA no Vitória, que só pode ser real com a efetiva POPULARIZAÇÃO do quadro social do clube e das arquibancadas do Barradão:

1 – Popularização do Quadro Social: elaboração de planos de associação acessíveis, permitindo ao torcedor de baixa renda a presença nos jogos, o direito a votar e ser votado, aprofundando e ampliando a democracia no clube. A inserção desse setor social no Barradão também significa uma nova receita atuamente inexplorada pelo clube.

2 – Defesa de um Censo da Torcida do Vitória: de modo a munir o clube de um conhecimento real do seu quadro social, defendemos a realização de um grande censo da torcida, através do levantamento de dados de caráter sócio-econômico. Esses dados deverão nortear as políticas de associação e política de preço de ingressos, bem como subsidiar o planejamento do Barradão e das diversas estratégias de mercado, de forma mais concisa, científica e fundamentada.

3 – Melhoramentos na estrutura do Barradão: visando beneficiar e estimular a presença de idosos, crianças, gestantes, portadores de necessidades especiais e do público feminino, através de obras de acessibilidade e da criação de novos e melhores banheiros e fraldários (inclusive no banheiro masculino).

4 – Vitória nos Bairros: por um maior envolvimento do clube com as comunidades do Miolo Central de Salvador, região com cerca de 41 bairros, onde se encontra o Barradão.  Apesar dos sabidos benefícios gerados pela chegada do estádio, ao longo dos anos, o Barradão também causa grandes impactos na região, cujo potencial de interferência positiva do clube ainda está longe de ser explorado. Dentro dessa lógica, apontamos a importância da ampliação, do aprimoramento e da consolidação do projeto Vitória Cidadania.

5 – Profissionalização e Transparência: planejamento das ações, clareza na construção do orçamento, eficiência na execução dos projetos, são bandeiras indispensáveis para a construção de um clube forte e com a efetiva participação do torcedor. Dentre essas medidas destacamos a exigência da publicação mensal dos balancetes e da lista detalhada dos sócios-torcedores.

6 – Aprofundamento da democracia: respeito e efetivação de ferramentas participativas como instância de mediação entre Diretoria e Torcedores, elemento indispensável à consolidação da democratização e popularização do clube, como a política de Comissões Participativas.

7 – Fortalecimento da Base: através do constante reforço da identificação dos atletas com a instituição Esporte Clube Vitória.

ASSINE O MANIFESTO POR UM VITÓRIA POPULAR:

Acesse o link e preencha com seus dados: https://goo.gl/forms/pKT4Xm2XnRAowI7H3

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. http://locksmith1.info/usa/locksmith/
  2. google are you sex

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*