Nelsival Menezes revela motivos de desistência das eleições do Bahia

"O cenário é favorável somente a um ou dois candidatos", disse o candidato

Após ter sua chapa (Bahia Gigante) indeferida pela comissão eleitoral do Bahia, por não apresentar a documentação completa exigida, o candidato Nelsival Menezes afirmou que, na verdade, foi ele quem pediu o desligamento notificando sua chapa da desistência às 13h30 desta quinta-feira. Após debate nesta quinta-feira, ele explicou e revelou os principais motivos que o levou a desistir de concorrer ao pleito no dia 9 de dezembro.

“Por volta de 13h30 passei um e-mail para a comissão que retirasse a minha candidatura. Eu venho percebendo, durante esse tempo todo, que o contexto, o cenário, é favorável somente a um ou dois candidatos. Então, os meus princípios éticos, de amor ao clube, respeito à torcida, me induziram a sair desse processo juntamente também com o pedido de familiares, que entenderam a situação e me fizeram desistir. Quero agradecer a todos que me incentivaram e colaboraram.”

Diante do indeferimento, todos os votos que a chapa eventualmente receber serão contabilizados como nulos. O candidato a vice na chapa “Bahia Gigante” é José Guilherme Santiago, que substituiu Walison Souza. Todas as outras chapas, concorrendo tanto ao Conselho Deliberativo quanto à Diretoria Executiva, tiveram suas candidaturas deferidas após análise da documentação, estando, portanto, aptas a concorrer ao pleito que acontece neste sábado, das 9h (horário de Salvador) às 17h, na Arena Fonte Nova.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*