Atacante do Bahia teve a quarta melhor média de gols da Série A

Edigar Junio deslanchou no segundo turno do Campeonato Brasileiro

O atacante Edigar Junio terminou o ano de 2017 em alta. Foram 12 gols marcados em 26 jogos, 10 desses gols marcados no segundo turno do Brasileirão após retornar de lesão. Sem dúvidas, o jogador foi um dos principais responsáveis pela arrancada do Bahia na reta final da Série A, evitando o rebaixamento e chegando a brigar por vaga na Copa Libertadores. O final de temporada avassalador colocou o jogador como alvo do Villarreal, da Espanha.

Edigar Junior foi o artilheiro do Bahia na Série A, com 12 gols, conseguindo uma média de 0,46 gol/jogo, a quarta melhor média do campeonato, atrás apenas de Henrique Dourado (Fluminense) e Jô (Corinthians), artilheiros da competição com 18 gols cada, além de Roger, do Botafogo, que aparece em 3º, porém, marcando menos gols que o tricolor. No total, Edigar atuou 40 jogos e marcou 15 gols na temporada 2017.

Veja a lista:

1º – Henrique Dourado – Fluminense – 0,56 (18 gols em 32 jogos)

2º – Jô – Corinthians – 0,53 (18 gols em 34 jogos)

3º – Roger – Botafogo – 0,50 (10 gols em 20 jogos)

4º – Edigar Junio – Bahia – 0,46 (12 gols em 26 jogos)

5° – André – Sport – 0,45 (16 gols em 35 jogos)

6º – Tréllez – Vitória – 0,43 (10 gols em 23 jogos)

7º – Fred – Atlético-MG – 0,41 (12 gols em 29 jogos)

8º – Diego Souza – Sport – 0,40 (11 gols em 27 jogos)

9º – Diego – Flamengo – 0,37 (10 gols em 27 jogos)

10º – Lucca – Ponte Preta – 0,35 (13 gols em 37 jogos).

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*