Sem receber salários, atletas do Santa Cruz ameaçam não jogar

Antecipação de jogo irrita jogadores do time pernambucano.

Já rebaixada à Série C, o Santa Cruz entrou em campo na noite da última terça-feira, apenas para cumprir tabela pela 37ª rodada da Série B, e não saiu de um empate por 0 a 0 com o Paraná, no Arruda. Na próximo rodada, porém, os jogadores do Santinha ameaçam não entrar em campo. O motivo? Salários atrasados. Houve um acordo para pagamento no dia 22, o problema é que o jogo que estava marcado para o dia 25 foi antecipado para o dia 21, gerando revolta dos atletas.

Com mudança da data da última partida, os jogadores do Santa Cruz ficaram receosos de continuarem sem receber os salários e ameaçam não viajar na sexta-feira, para o duelo com o Paysandu, pela 37ª rodada do Brasileiro da Série B. O técnico Marcelo Martelotte espera a decisão dos atletas: “Posso garantir que se os jogadores entrarem em campo nesses dois jogos, estarei em campo. A não ser que me mandem embora. Agora, se não tiver time, não adianta ter técnico. Se eles tomarem a decisão de que teremos os dois jogos, farei o meu papel”.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*