Flu de Feira se espelha na Juazeirense para buscar o acesso à Série C

Vice-presidente enaltece contratações e não revela nome do novo técnico

Certamente que o acesso inédito da Juazeirense à Série C serve de exemplo para os outros clubes baianos, inclusive para o Fluminense de Feira que pensa muito além do Campeonato Baiano. Além da classificação para disputar a Copa do Brasil após 15 anos, o vice-presidente do Flu-BA, Luiz Paolilo Filho, garante que o foco principal do Touro do Sertão é conquistar o acesso à Série C este ano e que bateu na trave por duas vezes, sendo que em 2016 chegou muito perto, mas foi parado pela própria Juazeirense.

“Fizemos planejamento para todas as competições. Logo em seguida do Baiano começa a Série D e a Copa do Brasil. Espero Deus que dê tudo certo, como a Juazeirense subiu esse ano. O Fluminense esteve duas vezes na porta. Tomara que a gente consiga a vaga na Série C, o que seria mais um clube baiano na competição”

Apesar do sonho de conquistar o acesso, o dirigente garante que o Fluminense montará um bom time para disputar logo de cara o Campeonato Baiano, lembrando que já chegaram o goleiro Deola e o meia Maranhão, e em breve vai anunciar o nome do novo treinador que está engatilhado e diz ser um bom nome.

“A expectativa nossa é de fazer um bom trabalho em 2018, porque o Fluminense vai disputar a Copa do Brasil. Vamos montar uma boa equipe. Contrataremos um bom treinador, que não podemos divulgar agora. Já fizemos 90% das contratações também. Anunciamos até o momento Deola, que assinou contrato, e Maranhão, um meia de muita velocidade. O resto dos jogadores esperamos a assinatura do contrato”

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*