Caso Rodrigão: “Não admito repetição de erros”, diz Marcelo Sant’Ana

Presidente do Bahia diz que clube tem seus valores e seus princípios.

O presidente do Bahia, Marcelo Sant’Ana, comentou em entrevista a demissão do atacante Rodrigão, após o atleta ter um vídeo viralizado nas redes sociais em que aparecia em um festa dançando e bebendo em uma residência, na véspera do clássico BAVI. O mandatário agradeceu os serviços do jogador, que atuou pelo tricolor em 14 jogos e marcou 5 gols além de algumas assistências. No entanto, Sant’Ana revelou que o encerramento do vínculo se deu “repetição de erros” que ele não admite de forma alguma.

“A gente agradece a Rodrigão pela participação que ele teve no nosso clube. Foram 14 jogos, cinco gols e algumas assistências. Ele nos ajudou na nossa atual campanha nesta Série A. Mas tem algumas situações que o Bahia tem seus valores e seus princípios. Eu como presidente não admito a repetição de determinados erros. Eu acho que é errar é natural. Eu tenho meus erros, minhas falhas e minhas limitações. Mas a instituição tem que ser preservada acima de tudo. E quando um erro machuca o torcedor e machuca a instituição, a gente chama, a gente conversa e faz o alerta. Mas quando essa situação se repete, a instituição é maior do que qualquer pessoa. Então foi por isso que a gente optou por encerrar esse vínculo. Mas agradecemos ao Rodrigão enquanto esteve neste período. Ele foi importante em determinados jogos”, afirmou o dirigente.

Rodrigão, de 24 anos, tem vínculo com Santos e havia sido cedido por empréstimo ao Bahia até o fim da temporada. Ele foi devolvido ao Peixe, no qual possui vínculo até 2021, mas não sabe qual será o seu futuro. Se será emprestado ou ganhará um oportunidade do clube santista que luta pelo título brasileiro esse ano.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*