Vitória tenta repatriar atacante, mas negociação é considerada difícil

O presidente Fábio Mota revelou o sonho em contar com o centroavante.

Foto: Takuya Kaneko / Soccer Digest

O Esporte Clube Vitória demonstrou interesse em repatriar o atacante Léo Ceará, de 28 anos, que atualmente defende o Cerezo Osaka, do Japão. O presidente Fábio Mota revelou o sonho em contar com o centroavante, mas admite que a negociação é difícil pelo alto salário do atleta. Em 2023, o jogador marcou 13 gols e deu 4 assistências em 40 jogos pelo time japonês.

 

Cria da base rubro-negra, o jogador rodou por vários clubes, até retornar em 2020, quando se destacou, mas teve uma rusga com Paulo Carneiro e não aceitou renovar o contrato. Ele chegou a assinar um pré-contrato para defender o Bahia em 2021, mas recebeu uma proposta do Yokohama Marinos-JAP, que pagou R$ 1,6 milhão ao Tricolor para quebrar o pré-contrato.

Natural de Fortaleza (CE), Leonardo de Sousa Pereira foi revelado nas divisões de base do Esporte Clube Vitória, mas no início não teve muitas chances no time principal e foi emprestado para Ryukyu (Japão), Campinense e Confiança. Retornou ao Leão em 2018, ficando até meados de 2019, quando foi emprestado ao CRB. No time alagoano, teve grande destaque, marcando 12 gols em 32 jogos.

Com o fim do empréstimo ao CRB, voltou ao Rubro-Negro, onde foi o principal destaque na temporada 2020, sendo peça importante para garantir a permanência do Leão na Série B. Foram 20 gols e 3 assistências em 42 jogos. Com o fim do contrato com o Leão, acertou a transferência para o Yokohama Marinos, do Japão. Em 2023, mudou de clube no futebol japonês, e atualmente defende o Cerezo Osaka.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário