Sem chance de G4 e lutando contra o rebaixamento, lateral do Atlético-BA se diz envergonhado

o lateral-direito Paulinho falou sobre o sentimento de vergonha com a campanha do Atlético. 

Foto: Reprodução/TVE Bahia

Atual bicampeão baiano, o Atlético de Alagoinhas decepcionou no Campeonato Baiano de 2023. Com a derrota para a Juazeirense, por 2 a 0, no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, o Carcará não tem mais chances de classificação para o mata-mata e segue com possibilidade de rebaixamento, já que tem 8 pontos na 6ª colocação, dois a mais que o Jacobinense, que ainda joga na rodada. Após o jogo, o lateral-direito Paulinho falou sobre o sentimento de vergonha com a campanha do Atlético.

 

“Me sinto envergonhado, estamos lutando bastante, buscando sempre o resultado, e as coisas não acontecem. Era um jogo que a gente poderia na última rodada brigar pela classificação, mas infelizmente não aconteceu. Agora é descansar e brigar contra o rebaixamento. A verdade é essa, me sinto envergonhado, mas vamos lutar na última partida para sair com a vitória e livrar do rebaixamento”, disse Paulinho, em entrevista à TVE Bahia. 

Na última rodada, a Juazeirense visita o Jacuipense, no Estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, no dia 26 de fevereiro, às 16h. No mesmo dia, o Atlético de Alagoinhas se despede da competição contra o lanterna Doce Mel, no Estádio Antônio Carneiro.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário