Por falta de consenso, Botafogo desiste de contratar o atacante Fernandão

O Botafogo já havia despertado interesse por Fernandão em abril

Após avançar nas negociações, o Botafogo desistiu da contratação do atacante Fernandão. O afastamento por doping acabou gerando uma falta de consenso entre os dirigentes, fazendo com que o clube desistisse de trazer o centroavante de 34 anos. Com passagem por Bahia e Goiás no ano passado, Fernandão só pode jogar em novembro, quando completará os oito meses de afastamento, porém, ainda não foi julgado. Com isso, ainda existe o risco do aumento da suspensão.

 

O Botafogo já havia despertado interesse por Fernandão em abril, porém, o doping fez desistir da investida naquela ocasião. Apesar de não conseguir evitar o rebaixamento do Goiás, ele teve um bom desempenho no Brasileirão de 2020 quando marcou 10 gols em 24 jogos. Antes, disputou Copa do Nordeste, Baianão e Brasileiro pelo Bahia. Marcou três gols em 15 partidas.

O Botafogo busca um atacante diante da possibilidade de saída de Rafael Navarro, que é titular atualmente, mas tem contrato até dezembro e pode não permanecer. Ele recusou uma proposta de renovação recentemente. Navarro vem sendo monitorado por Bahia e Athletico-PR.

CARREIRA

Natural do Rio de Janeiro, Fernandão acumula passagens por América-RJ, Tombense, Flamengo, Volta Redonda, Paysandu, Macaé, Democrata, Guarani-SP e Palmeiras. Defendeu o Bahia pela primeira vez em 2013, emprestado pelo Atlético-PR, e ficou menos de um ano. Chegou em abril e logo caiu nas graças da torcida com gols e muita vontade dentro de campo. No total, foram 41 partidas e 18 gols, 15 deles na Série A em que esteve em campo 34 vezes.

Após se destacar com a camisa tricolor, foi contratado pelo Bursaspor, da Turquia, e no mesmo país defendeu também o Fenerbahçe, ambos com sucesso. Chegou ao Al Wehda no meio de 2018, porém, pouco entrou em campo e passou momentos complicados na época. Retornou ao Esquadrão em janeiro de 2019, contrato por R$ 4,5 milhões, tendo uma recepção calorosa da torcida no desembarque em Salvador. Porém, longe daquele jogador de 2013, acabou deixando o clube antes do final do contrato. Na segunda passagem, jogou 63 jogos e marcou 16 gols. Após deixar o Bahia, acertou com o Goiás, onde disputou a reta final da Série A 2020, marcando 10 gols em 24 jogos.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*