Dabove vê derrota do Bahia como “situação pontual” e descarta drama maior

Com o revés, o Bahia permanece com 23 pontos e agora figura dentro do Z4

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

O Esporte Clube Bahia foi derrotado neste domingo pelo Internacional por 2 a 0, no Estádio Beira-Rio, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, com gols marcados por Yuri Alberto e Rodrigo Dourado, um em cada tempo de jogo. Com o revés, o Bahia permanece com 23 pontos, foi superado por América-MG (que empatou com o Flamengo) e Juventude (que venceu o Santos), e caiu para a 17ª colocação. Após o jogo, o técnico Diego Dabove classificou a derrota como uma “situação pontual”. O treinador pediu mais concentração à equipe e prometeu mais trabalho para tentar corrigir.

 

“A gente vinha trabalhando bem. São situações que acontecem no futebol. Falaremos, mas não é para ser um drama maior. Vamos corrigir, trabalhar. São situações pontuais que têm a ver com concentração. Não é para ser um drama. Estávamos muito bem. Hoje perdemos, mas passa”, disse.

Dabove também falou sobre a entrada de Gilberto no início do jogo no lugar de Rodriguinho, lesionado. Para o treinador, a mudança não mudou tanto a estratégia do time na partida.

“Mudou um pouco enquanto a característica de Gilberto com Rodrigo. Mas para o que eu tinha pensado para equipe não mudou muito. Gilberto fez boa partida também”, falou.

Na sequência da competição, o Bahia volta a jogar em Salvador, agora enfrentando o Ceará, no próximo sábado (02), às 19h, na Arena Fonte Nova, pela 23ª rodada.

Deixe seu comentário!

2 Comentário

  1. Time medíocre e cheio de mercenários! Tanto o presidente, quanto a diretoria, são os culpados desse caminhão de contratações sem expressão no futebol. O Bahia tem torcida seus mercenários de segunda divisão! Respeitem essa camisa!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*