Conmebol cogita volta do público aos estádios na Libertadores e Sul-Americana

para que isto aconteça nos torneios, as cidades-sede das partidas terão que fazer a liberação

No domingo, por meio de nota, a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) anunciou que pretende retornar o público nos estádios a partir das oitavas de final da Copa Libertadores e Sul-Americana, que começam nesta terça-feira. A decisão foi divulgada após a final da Copa América no Maracanã com convidados, vencida pela Argentina diante do Brasil, que recebeu um público de aproximadamente 1,6 mil torcedores, após a liberação da Prefeitura do Rio de Janeiro. No entanto, para que isto aconteça nos torneios, as cidades-sede das partidas terão que fazer a liberação de acordo com os protocolos sanitários.

 

Ainda de acordo com a Conmebol, o “retorno gradual do público é essencial para o desenvolvimento do futebol sul-americano”. Um protocolo, com algumas medidas a serem seguidas, também foi divulgado pela entidade.

Confira o comunicado da Conmebol:

“A Confederação Sul-Americana de Futebol dá a conhecer o “Protocolo de Recomendações para o Retorno do Público nos Estádios” nos jogos da Conmebol Libertadores e da Conmebol Sul-Americana 2021, a partir das oitavas de final.

Estabelece uma série de recomendações, que devem ser discutidas com as autoridades sanitárias de cada país para sua aplicação e / ou modificação.

A Conmebol considera que o retorno gradual do público é essencial para o desenvolvimento do futebol sul-americano, razão pela qual, se as autoridades nacionais o permitirem, o retorno ao público é autorizado nas referidas competições.”

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*