Atlético-MG aplicou últimas vitórias com ofensividade no 2° tempo

os quatro recentes se desenvolveram com tentos anotados no segundo tempo

Quatro das seis vitórias consecutivas do Atlético-MG na Série A ocorreram após retorno do time do vestiário, como aconteceu contra o Bahia
Foto: Pedro Souza / Atlético

Seis vitórias seguidas em 13 jogos. Oito partidas, contabilizando a Copa Libertadores da América 2021, de invencibilidade. Esse é o panorama atual do Atlético-MG, adversário do Esporte Clube Bahia. Contudo, alguns desses triunfos possuem uma mística particular: o “puxão de orelha” no vestiário. Atual vice-líder da Série A do Campeonato Brasileiro, o Galo tem aproveitado o elenco poderoso que tem. No entanto, o aproveitamento tem se destacado, sobretudo, pelo desempenho na etapa complementar das últimas partidas, o que pode ser um aspecto importante para ser estudado pela comissão técnica tricolor.

No meio dos seis triunfos consecutivos, os quatro recentes se desenvolveram com tentos anotados no segundo tempo. Fato que até o torcedor tricolor está ciente, visto que, o Tricolor foi a vítima mais recente de Hulk e companhia presente no Atlético-MG.

O placar de 3 a 0 aconteceu  após a volta do intervalo, quando Cuca organizou o meio-campo do Atlético-MG, com substituições e o ataque, promovendo a entrada de Sasha.

“Fizemos segundo tempo bem melhor que o primeiro, até porque entendemos melhor o adversário. No primeiro tempo, estávamos muito preocupados com a arbitragem, meio que desconcentra o jogo. No segundo tempo foi diferente, muito em função disso, da concentração do jogo”, destacou Cuca, campeão da Libertadores em 2013 pelo Galo.

Acima de tudo, diante do mesmo adversário e no mesmo ambiente, o Atlético-MG busca manter a série invicta. Em Belo Horizonte (MG), a equipe treinada por Cuca, que assumiu o comando do time mineiro no dia 5 de março deste ano, recebe o Bahia, às 21h30, no Mineirão.

Comentários:

1 Trackback / Pingback

  1. De "casa nova": Bahia enfrenta o Atlético-MG no Joia da Princesa

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*