Com Guto pressionado, Lisca tem nome cogitado no Ceará, diz site

Guto Ferreira vive momento de pressão no Ceará após resultados ruins

Nesta segunda-feira, o técnico Lisca acertou a sua saída do América-MG, onde estava desde janeiro de 2020 quando foi contratado para substituir Felipe Conceição. Após três derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro e ainda não somar ponto na competição, o gaúcho de 48 anos pediu demissão e agora está livre no mercado. Recentemente, Lisca teve o seu nome ligado ao Internacional, que está procurando um novo treinador após o desligamento do espanhol Miguel Ángel Ramírez. Com Lisca, o Coelho disputou 81 jogos, 40 vitórias, 27 empates e 14 derrotas.

 

Outro possível destino de Lisca é o Ceará, em caso de uma demissão de Guto Ferreira, que vive um momento de pressão no clube cearense após perder os títulos da Copa do Nordeste e Campeonato Cearense, e aumentou ainda mais com a eliminação na Copa do Brasil na última quinta-feira para o Fortaleza. O site UOL Esporte apurou que o nome de Lisca já vem sendo ventilado no Vozão. Na quinta-feira, o Ceará enfrenta o Bahia, às 16h, na Arena Castelão, e um novo revés pode sacramentar a demissão de Guto.

Lisca duas passagens pelo Ceará, e conseguiu evitar dois rebaixamentos dados como quase certos. Em 2015, com nove rodadas a serem disputadas para o fim da Série B, o alvinegro garantiu 20 dos 27 pontos possíveis, fugindo da Série C. Em 2018, após um início ruim na Série A, o Ceará o chamou novamente, na 10ª rodada, quando ainda não havia vencido na edição. Depois da chegada do treinador, foram 10 vitórias, 11 empates e oito derrotas, terminando a 38ª rodada na 15ª posição.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*