Após 14 anos, Vitória encara o Remo para tentar desencantar na Série B

Vitória ainda não venceu na competição nacional e soma 2 pontos

Foto: Denny Cesare

O principal objetivo do Esporte Clube Vitória na temporada é buscar o acesso de volta à elite do futebol nacional, porém, para isso, o Leão precisa iniciar uma recuperação na competição o quanto antes, afinal, cada ponto desperdiçado neste início de Série B fará muita falta na reta final, seja para alcançar o G-4 ou para evitar o mesmo sofrimento dos anos anteriores quando lutou contra o rebaixamento para Série C. Na edição de 2021, o Rubro-Negro tem um início pior desde a queda em 2018. São apenas 2 pontos somados em 9 possíveis. Empatou com Guarani (1×1) fora na estreia e na última rodada com Operário (0x0), e perdeu para o Náutico no Barradão em jogo que culminou com a demissão de Rodrigo Chagas.

 

O próximo adversário do Esporte Clube Vitória é o Remo, em duelo marcado para esta quarta-feira, às 16h, no Estádio Baenão, em Belém do Pará, dando continuidade à quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time paraense, que conquistou o acesso à Série B no ano passado, começou até bem, empatando com o CRB em 2 a 2 fora de casa e vencendo o Brasil de Pelotas por 1 a 0 em Belém, mas na última rodada levou 3 a 0 do Botafogo. Se vencer, o Leão pode alcançar até a sexta colocação, enquanto o Remo pode chegar aos 7 e igualar o Botafogo, quarto colocado.

Quem apita o duelo entre Remo e Vitória é o árbitro carioca Felipe da Silva Gonçalves Paludo, que será auxiliado por Carlos Henrique Cardoso de Souza e Thiago Gomes Magalhães, também do Rio de Janeiro. O quarto árbitro será o paraense Gustavo Ramos Melo, enquanto Lucio Ipojucan Ribeiro da Silva de Mattos ficará como analista de campo.

Vitória e Remo já se enfrentaram 16 vezes, com seis vitórias do Leão, cinco derrotas e cinco empates. O último encontro entre os clubes ocorreu no dia 17 de novembro de 2007 – também pela Série B – e o jogo teve como destaque as presenças das cantoras Ivete Sangalo e Daniela Mercury, torcedoras declaradas do rubro-negro baiano, que desembarcaram no campo de helicóptero no Estádio Manoel Barradas, que estava lotado. A partida terminou empatada em a 1 a 1 e foi válida pela penúltima rodada da Segundona de 2007. Sorato marcou para o Vitória e Cicinho empatou para o Remo, que já entrou em campo rebaixado para a Série C, enquanto o Rubro-Negro Baiano comemorando o acesso à Série A.

A 4ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B foi iniciada nesta terça-feira (15), com quatro jogos, destaque para o Náutico que engatou o 4º triunfo seguido vencendo o Vila Nova pelo placar de 2 a 0 no Estádio dos Aflitos. O Timbu alcançou os 12 pontos, mantendo os 100% de aproveitamento e disparando na liderança da segundona. Já o CSA voltou a tropeçar dentro de casa e ficou no empate em 1 a 1 com o Guarani no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Com o resultado, o Azução segue sem vencer na Série B, com dois empates e duas derrotas, ocupando a 17ª colocação. Já o time de Campinas é o 9º colocado com 4 pontos. Em Aracaju, o Confiança ficou no empate em 1 a 1 com o Brasil de Pelotas, enquanto o CRB deixou o G-4 após perder por 1 a 0 para o Goiás em Serrinha.

JOGOS DA 4ª RODADA DA SÉRIE B

TERÇA, 15/06
19h00 – CSA 1 x 1 Guarani
19h00 – Náutico 2 x 0 Vila Nova
21h30 – Confiança 1 x 1 Brasil-RS
21h30 – Goiás 1 x 0 CRB

QUARTA, 16/06
16h00 – Remo x Vitória
18h00 – Operário x Sampaio Corrêa
19h00 – Vasco x Avaí
21h30 – Ponte Preta x Cruzeiro

QUINTA, 17/06
19h00 – Londrina x Botafogo

ADIADO
Brusque x Coritiba

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*