Organizada do Vitória protesta em frente à residência de Paulo Carneiro

Os torcedores pediram a saída imediata do dirigente rubro-negro

A Torcida Organizada “Os Imbatíveis” organizou mais um protesto, desta vez, em frente à residência do presidente do Esporte Clube Vitória, Paulo Carneiro, na última sexta-feira. Os torcedores pediram a saída imediata do mandatário rubro-negro, que está no clube desde 24 de abril de 2019 quando foi eleito com 1.474 votos, o equivalente a 67,86% dos 2.202 votos válidos e tem mandato até o fim de 2022. Ele também presidiu o Leão de 1991 a 2005, quando renunciou após o rebaixamento à Série C. A torcida organizada também publicou uma nota no Instagram (veja abaixo). O Vitória foi eliminado pelo terceiro ano seguido na primeira fase do Campeonato Baiano, além disso, nos últimos dois anos passou sufoco na Série B, competição que o time estreia no dia 28, contra o Guarani.

 

LEIA A NOTA:

“PELA SAÍDA IMEDIATA DE PAULO CARNEIRO!

Na tarde desta sexta-feira (14) a Torcida Os Imbatíveis esteve no condomínio onde reside Paulo Carneiro para exigir a sua renúncia imediata do Vitória. É inadmissível que um incompetente denunciado por fraudes e irregularidades no clube siga ocupando o cargo de presidente do Conselho Diretor.

Não mediremos esforços para defender o time que amamos dos abutres que advogam em prol dos próprios interesses em detrimento da grandeza do nosso clube centenário. Pessoas que criam o caos para depois surgirem com “soluções milagrosas” que nada resolvem, não à toa temos acumulado vexames dentro e fora de campo.

Aproveitamos para exigir dos presidentes do Conselho Fiscal, Jailson Reis, e do Conselho Deliberativo, Fábio Mota, que cumpram com as suas obrigações estatutários do contrário também se tornarão alvos da Torcida. Especialmente sobre o Conselho Deliberativo, nos causa perplexidade a total omissão frente às graves denúncias sobre Paulo Carneiro e à falta de transparência no clube. Exigimos, assim, que na reunião ordinária prevista pra amanhã (15) os(as) conselheiros(as) votem pelo bem-estar do Vitória, afinal pra isso foram eleitos e não pra atuarem como advogados do Conselho Diretor.

Como dito, os protestos continuarão até que os resultados sejam compatíveis à grandeza do Vitória.”

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*