Bahia busca triunfo sobre o Montevideo City e torce por um milagre na Argentina

Bahia precisa vencer e torcer para o Guabirá derrotar o Independiente

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Esporte Clube Bahia tem nesta quarta-feira seu último compromisso pela fase de grupos da Copa Sul-Americana 2021, e talvez o último também pelo torneio, afinal, precisa de uma combinação difícil e improvável. O Esquadrão enfrenta o Montevideo City Torque, às 19h15, no Estádio Metropolitano de Pituaçu. Ambos os times estão empatados com 8 pontos e têm chances de classificação, no entanto, dependem do triunfo aliado a uma derrota do Independiente para o Guabirá em pleno Estádio Libertadores de América, na Argentina, sendo que os bolivianos amargam a pior campanha entre todos os times da competição, sem somar um ponto sequer, com 5 derrotas em 5 jogos, 1 gol marcado e 17 sofridos. O time argentino lidera com 11 pontos e só perde a classificação se for derrotado e tiver um vencedor no outro confronto do Grupo B.

 

Na última terça-feira, o Esporte Clube Bahia sofreu uma derrota amarga para o Independiente por 1 a 0 na Argentina, afinal, foi superior em boa parte do jogo, chegou a dominar nos primeiros 20 minutos do segundo tempo criando várias chances de gol, mas não fez, e aos 27 minutos, após falta cobrada na área, Douglas saiu mal e ao tentar rebater a bola, trombou com Thonny Anderson. A bola bateu no meia-atacante e morreu no fundo das redes. O empate seria um grande resultado, visto que o Bahia manteria a liderança e dependeria apenas de si para avançar, mas o revés do Bahia praticamente garantiu a classificação do time argentino.

No jogo contra o Independiente em Pituaçu, o Bahia também vacilou. Chegou a estar perdendo por 2 a 0 sofrendo dois gols de pênalti, mas buscou o empate e teve a chance da virada nos pés de Gilberto, mas o artilheiro desperdiçou cobrança de penalidade. Se tivesse feito o dever de casa naquela partida, hoje o Esquadrão seria líder com 10 pontos, enquanto o time argentino seria o 2º também com 10. Ou seja, neste cenário, também dependeria das próprias pernas para garantir a classificação. Agora é jogar para tentar o triunfo diante dos uruguaios e torcer para um milagre na Argentina, que seria o desmotivado Guabirá surpreender vencendo o Independiente.

Para a partida, o técnico Dado Cavalcanti adiantou que o goleiro Mateus Claus será titular. Matheus Teixeira segue fora de combate, enquanto Douglas não vive um momento e ficará como opção no banco de reservas. A última vez que Claus atuou foi em fevereiro, no empate em 1 a 1 com o Atlético-MG no Mineirão, pela 36ª rodada do Brasileirão 2020. A única dúvida fica sobre a permanência de Juninho na zaga ou o retorno de Luiz Otávio. A provável escalação do Bahia para enfrentar o Montevideo City tem: Mateus Claus; Nino Paraíba, Germán Conti, Juninho (Luiz Otávio) e Matheus Bahia; Patrick, Daniel e Thaciano; Rossi, Rodriguinho e Gilberto.

A Copa Sul-Americana de 2021 comporta oito grupos com quatro equipes em cada. Somente o primeiro colocado de cada grupo avança ao mata-mata. Eles enfrentam os terceiros colocados das chaves da Libertadores nas oitavas de final. A decisão da Sul-Americana será realizada em jogo único no dia 6 de novembro. Esta é a primeira vez que a Sul-Americana conta com fases de grupos desde a sua criação, em 2003. Até então, o campeonato era disputado em formato eliminatório em todas as fases. O último campeão do torneio foi o Defensa Y Justicia, da Argentina. Entre os brasileiros, Internacional (2008), São Paulo (2012), Chapecoense (2016) e Athletico-PR (2018) já faturaram a competição.

Confira as premiações da Copa Sul-Americana de 2021 (futebolbahiano.org)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*