Vitória pode voltar a disputar uma final de Nordestão após 11 anos

Vitória disputou a final pela última vez em 2010 e foi campão

Desde quando a Copa do Nordeste retornou, repaginada e sob a chancela da CBF, em 2013, o Esporte Clube Vitória ainda não conseguiu chegar na final. O máximo que alcançou foi a semifinal, em 2015, mas acabou eliminado pelo Ceará, seu adversário neste sábado, às 16h, na Arena Castelão, também pela semifinal do torneio regional. Em 2017, também chegou na semifinal, mas foi superado pelo Bahia. Se eliminar o Vozão, o Leão vai voltar a disputar uma final depois de 11 anos. A última vez que chegou na finalíssima foi em 2010, quando conquistou o tetracampeonato vencendo o ABC. Os gols foram marcados por Kleiton Domingues e Marconi. Maior campeão da Copa do Nordeste, o Vitória busca o seu quinto título (foi campeão em 1997, 1999, 2003 e 2010).

 

Na edição de 2010, a Copa do Nordeste reuniu 15 equipes no mesmo grupo se enfrentando entre si. Se classificaram para semifinal: ABC (líder com 30 pontos), Vitória (2º com 25 pontos), CSA (3º com 25 pontos) e Treze (4º com 22 pontos). Na semifinal, o Leão venceu o CSA por 2 a 1, com gols de Kleiton Domingues e Aldair no Estádio Manoel Barradas. Já o ABC aplicou 3 a 0 no Treze, com hat-trick de Éderson. Na final, o Rubro-Negro venceu por 2 a 1 o ABC no Estádio do Frasqueirão, em Natal-RN

Para chegar na final, o Vitória terá que desbancar o atual campeão Ceará, justamente o time que se tornou carrasco da dupla Ba-Vi nas decisões e responsável por quatro eliminações do Leão na Copa do Nordeste (2013, 2014, 2015 e 2020), três vezes nas quartas de final e uma na semifinal. No ano passado, o Leão também eliminado pelo Ceará nas quartas de final ao perder por 1 a 0 com gol do meia Vina. O Vozão conquistou o bicampeonato vencendo o Bahia nos dois jogos da final (3 x 1 e 1 x 0) em Pituaçu. Em 2020, o Vitória também enfrentou o Ceará pela 3ª fase da Copa do Brasil e após perder por 1 a 0 no Castelão, chegou a abrir 2 a 0 no Barradão, mas levou a virada e perdeu por 4 a 3.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*